HOME > Geral

Jackson Barreto: 'ação contra Lula é violência sem tamanho'

O governador de Sergipe, Jackson Barreto (PMDB), reagiu com indignação à operação da Polícia Federal, nesta sexta (4), contra o ex-presidente Lula, como etapa da Operação Lava Jato;  "É uma histeria política para desmoralizar um líder popular", definiu; "Não estou defendendo privilégios, mas o que aconteceu hoje foi encenação, um teatro, que agride as pessoas, com a intenção de desmoralizar Lula. isso é interesse das elites, de setores da imprensa, de pessoas do Judiciário e do Ministério Público, dos setores mais ricos. para desmoralizar o homem público que promoveu os mais pobres e a classe trabalhadora", avaliou o governador em entrevista ao 247; para JB, o intuito é impedir que Lula seja candidato em 2018, "porque sabem que ele se elege"

O governador de Sergipe, Jackson Barreto (PMDB), reagiu com indignação à operação da Polícia Federal, nesta sexta (4), contra o ex-presidente Lula, como etapa da Operação Lava Jato;  "É uma histeria política para desmoralizar um líder popular", definiu; "Não estou defendendo privilégios, mas o que aconteceu hoje foi encenação, um teatro, que agride as pessoas, com a intenção de desmoralizar Lula. isso é interesse das elites, de setores da imprensa, de pessoas do Judiciário e do Ministério Público, dos setores mais ricos. para desmoralizar o homem público que promoveu os mais pobres e a classe trabalhadora", avaliou o governador em entrevista ao 247; para JB, o intuito é impedir que Lula seja candidato em 2018, "porque sabem que ele se elege" (Foto: Valter Lima)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Valter Lima, do Sergipe 247 - O governador de Sergipe, Jackson Barreto (PMDB), reagiu com indignação à operação da Polícia Federal, nesta sexta-feira (4), contra o ex-presidente Lula, como etapa da Operação Lava Jato. Lula foi conduzido coercitivamente para prestar depoimento. Para JB, a operação teve a intenção de "desmoralizar Lula". "É uma histeria política para desmoralizar um líder popular", definiu.

"O que fizeram hoje contra Lula foi um ato de violência que não tem tamanho. Não estou defendendo privilégios, mas o que aconteceu hoje foi encenação, um teatro, que agride as pessoas, com a intenção de desmoralizar Lula. isso é interesse das elites, de setores da imprensa, de pessoas do Judiciário e do Ministério Público, dos setores mais ricos. para desmoralizar o homem público que promoveu os mais pobres e a classe trabalhadora", avaliou o governador em entrevista ao 247.

Para ele, a condução coercitiva e a operação de busca e apreensão foram "desnecessárias". "Lula tem endereço certo, tem bons antecedentes, não precisava desta ação espetaculosa. Lembro que ocorreu comigo coisa semelhante na época em que fui prefeito de Aracaju. É o mesmo comportamento das elites, que não admitem que o povo chegue ao 10º andar, fazem de tudo para impedir", reforçou.

Jackson Barreto ressaltou que não é contra as operações que apuram esquemas de corrupção, mas cobrou serenidade. "Não defendo que não se apure, quem errou deve pagar, mas não precisa tratar as pessoas desta forma, chegar na casa de um ex-presidente às 6 da manhã, com mais de 200 policiais, homens armados. Para quê esse espetáculo? Não tem documento que comprove que o sítio ou o apartamento é dele. Lula fez muito por esse país, confesso que estou muito triste", ponderou. "Todos os dias pessoas são chamadas a prestar depoimento de forma civilizada. Então o mesmo tratamento dado ao cidadão comum deveria ter sido dado a Lula", complementou.

O governador avalia que tal ação é para impedir que Lula seja candidato a presidente em 2018 e potencializar as manifestações do dia 13 de março. "Querem tirar de Lula qualquer possibilidade de ser candidato em 2018, porque sabem que ele se elege, e querem inflar os protestos do dia 13 de março. Como não tiveram sucesso nos protestos anteriores querem inflar a população para justificar o impeachment da presidente Dilma. Essa elite é doente", analisou.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: