Jadson chora em despedida após sete anos no Shaktar

Grande aposta so-paulina para a temporada, meia a esperana para suprir carncia histrica no setor do meio-campo

Jadson chora em despedida após sete anos no Shaktar
Jadson chora em despedida após sete anos no Shaktar (Foto: DIVULGAÇÃO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Lucas Reginato _247 – Jadson é aguardado com grande expectativa pela torcida são-paulina, carente de alguém que possa tomar conta do meio-campo desde a saída do Raí. O jogador afirmou que gostaria de suprir essa já histórica necessidade e que chega para ser campeão. Após sete anos atuando na Ucrânia, o atleta é pouco visto no Brasil e ganhou popularidade com a convocação surpresa para a Seleção Brasileira de Mano Menezes.

Em um time recheado de brasileiros no leste europeu, Jadson conseguiu se adaptar e se tornou ídolo no clube. Nesta segunda-feira, quando foi se despedir em coletiva, chorou e afirmou que só está voltando para seu país natal por questões familiares – sua mulher está grávida do segundo filho e quer tê-lo no Brasil.

Aos tricolores, ele afirmou que é uma honra atuar com a camisa são-paulina e espera ter uma passagem vitoriosa por São Paulo. Para obter seu passe e manter essa esperança viva, o clube paulistano desembolsou R$ 9 milhões e ainda abriu mão de 30% dos direitos econômicos de Wellington, que está avaliado em cerca de R$ 22 milhões.

A transição não agradou apenas torcedores e diretoria, mas também parte do elenco, que sabe da carência na posição. Lucas, que é, ao lado de Luís Fabiano, a grande aposta para a temporada, demonstrou confiança em relação ao novo colega – os dois já atuaram juntos pela Seleção Brasileira.

O São Paulo será o terceiro clube de Jadson, revelado em 2003 pelo Atlético Paranaense antes de ser negociado, em 2005, com o Shaktar Donetsk. Na Ucrânia, foram 274 jogos e 64 gols que deram fama e valorizaram o atleta que agora volta como um dos principais reforços do futebol brasileiro para 2012.

Lucas Reginato _247 – Jadson é aguardado com grande expectativa pela torcida são-paulina, carente de alguém que possa tomar conta do meio-campo desde a saída do Raí. O jogador afirmou que gostaria de suprir essa já histórica necessidade e que chega para ser campeão. Após sete anos atuando na Ucrânia, o atleta é pouco visto no Brasil e ganhou popularidade com a convocação surpresa para a Seleção Brasileira de Mano Menezes.

Em um time recheado de brasileiros no leste europeu, Jadson conseguiu se adaptar e se tornou ídolo no clube. Nesta segunda-feira, quando foi se despedir em coletiva, chorou e afirmou que só está voltando para seu país natal por questões familiares – sua mulher está grávida do segundo filho e quer tê-lo no Brasil.

Aos tricolores, ele afirmou que é uma honra atuar com a camisa são-paulina e espera ter uma passagem vitoriosa por São Paulo. Para obter seu passe e manter essa esperança viva, o clube paulistano desembolsou R$ 9 milhões e ainda abriu mão de 30% dos direitos econômicos de Wellington, que está avaliado em cerca de R$ 22 milhões.

A transição não agradou apenas torcedores e diretoria, mas também parte do elenco, que sabe da carência na posição. Lucas, que é, ao lado de Luís Fabiano, a grande aposta para a temporada, demonstrou confiança em relação ao novo colega – os dois já atuaram juntos pela Seleção Brasileira.

O São Paulo será o terceiro clube de Jadson, revelado em 2003 pelo Atlético Paranaense antes de ser negociado, em 2005, com o Shaktar Donetsk. Na Ucrânia, foram 274 jogos e 64 gols que deram fama e valorizaram o atleta que agora volta como um dos principais reforços do futebol brasileiro para 2012.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email