Jaques Wagner: se a Justiça não soube, a História saberá ser justa com Lula

O ex-governador da Bahia Jaques Wagner (PT) prestou solidariedade ao ex-presidente Lula após o STF negar o Habeas Corpus ao correligionário. Com a decisão, o ex-presidente deve ser preso; "Quem sempre esteve ao lado da democracia e da igualdade jamais sai derrotada. Se a Justiça não soube a História saberá ser justa com você. Seu exemplo e sua voz seguirão ecoando na mente e no coração de milhões de brasileiros. Estamos juntos. Força e cabeça erguida porque a luta continua", escreveu o ex-chefe do executivo baiano no Instagram

O ex-governador da Bahia Jaques Wagner (PT) prestou solidariedade ao ex-presidente Lula após o STF negar o Habeas Corpus ao correligionário. Com a decisão, o ex-presidente deve ser preso; "Quem sempre esteve ao lado da democracia e da igualdade jamais sai derrotada. Se a Justiça não soube a História saberá ser justa com você. Seu exemplo e sua voz seguirão ecoando na mente e no coração de milhões de brasileiros. Estamos juntos. Força e cabeça erguida porque a luta continua", escreveu o ex-chefe do executivo baiano no Instagram
O ex-governador da Bahia Jaques Wagner (PT) prestou solidariedade ao ex-presidente Lula após o STF negar o Habeas Corpus ao correligionário. Com a decisão, o ex-presidente deve ser preso; "Quem sempre esteve ao lado da democracia e da igualdade jamais sai derrotada. Se a Justiça não soube a História saberá ser justa com você. Seu exemplo e sua voz seguirão ecoando na mente e no coração de milhões de brasileiros. Estamos juntos. Força e cabeça erguida porque a luta continua", escreveu o ex-chefe do executivo baiano no Instagram (Foto: Leonardo Lucena)

Bahia 247 - O ex-governador da Bahia Jaques Wagner (PT) prestou solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, após o Supremo Tribunal Federal negar o Habeas Corpus ao correligionário. Com a decisão, o ex-presidente deve ser preso. 

"Quem sempre esteve ao lado da democracia e da igualdade jamais sai derrotada. Se a Justiça não soube a História saberá ser justa com você. Seu exemplo e sua voz seguirão ecoando na mente e no coração de milhões de brasileiros. Estamos juntos. Força e cabeça erguida porque a luta continua", escreveu o ex-chefe do executivo baiano em sua conta no Instagram.

Em nota, o PT disse que irá até as últimas consequências para registrar a candidatura de Lula ao Palácio do Planalto (veja aqui). 

De acordo com Gilson Dipp, ex-ministro do Superior Tribunal de Justiça, o ex-presidente pode ser candidato, mesmo que seja preso. O e-titular da pasta afirmou que postulantes ficha suja concorreram e tiveram os diplomas expedidos, bem como a posse para o exercício do mandato (leia aqui - relato foi publicado na Revista Forum).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247