HOME > Geral

JB discute instalação de termoelétrica em Sergipe

O governador Jackson Barreto conduziu reunião com representantes das empresas GenPower e seu parceiro estratégico neste empreendimento, a empresa norueguesa Golar LNG, que compõem uma joint-venture, para instalação da termoelétrica em Sergipe; foram apresentadas informações sobre o cronograma da implantação da usina Porto de Sergipe, além de novas informações sobre projeto para a participação de mais duas Usinas Termelétricas – a Laranjeiras e a Governador Marcelo Déda – no Leilão A-5 do primeiro semestre de 2016

O governador Jackson Barreto conduziu reunião com representantes das empresas GenPower e seu parceiro estratégico neste empreendimento, a empresa norueguesa Golar LNG, que compõem uma joint-venture, para instalação da termoelétrica em Sergipe; foram apresentadas informações sobre o cronograma da implantação da usina Porto de Sergipe, além de novas informações sobre projeto para a participação de mais duas Usinas Termelétricas – a Laranjeiras e a Governador Marcelo Déda – no Leilão A-5 do primeiro semestre de 2016 (Foto: Valter Lima)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

ASN - Nivelar as tratativas para a instalação da termoelétrica de Sergipe. Essa foi a temática da reunião que o governador Jackson Barreto conduziu com representantes das empresas GenPower e seu parceiro estratégico neste empreendimento, a empresa norueguesa Golar LNG, que compõem uma joint-venture.

Foram apresentadas informações sobre o cronograma da implantação da Usina Termoelétrica Porto de Sergipe, vencedora do Leilão A-5 de abril de 2015, além de novas informações sobre projeto para a participação de mais duas Usinas Termelétricas – a Laranjeiras e a Governador Marcelo Déda – no Leilão A-5 do primeiro semestre de 2016, bem como sobre o funcionamento da importação do Gás Natural Liquefeito que alimentará as Usinas e operação de uma unidade flutuante de regaseificação de gás para atender todo o projeto, que funcionaria no Terminal Marítimo Inácio Barbosa.

Na oportunidade, os empresários agradeceram o apoio do governador no âmbito do Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI) que já foram aprovados, apoio locacional – a empresa pretende a conclusão da venda do terreno pela Codise e benefícios tributários. Também está em andamento a análise da licença ambiental pela Adema.

Negociações para compra de gás no mercado internacional que irão alimentar a operação e asformação de parcerias com empresas de experiência internacional, para acesso a linhas de financiamento, foram informadas pelos representantes da empresa.

Os representantes da joint-venture aproveitaram para convidar o governador Jackson Barreto para uma solenidade que irá acontecer no próximo dia 10 de março, no Rio de Janeiro, para a assinatura do contrato de fornecimento do gás com mais um parceiro estratégico do empreendimento.

Termoelétrica Porto de Sergipe

Trata-se da maior usina termoelétrica a operar no Brasil, com investimento de cerca de R$ 3,4 bilhões (US$ 850 milhões) e início das obras previsto para 2016. Sua implantação vai promover o fortalecimento do Porto de Sergipe, por onde será feita a importação do gás natural.A capacidade de regaseificação será de 15 milhões de metros cúbicos de gás por dia.

O governo do Estado pretende ainda que o grupo GenPower mantenha os outros dois projetos de Usinas Termoelétricas (Laranjeiras e Governador Marcelo Déda), cada um com capacidade de geração de 750 MW, voltando a apresentá-los em futuros leilões A-5 de energia. Os três projetos têm capacidade de geração de 2.942 MW, com investimento de US$ 1,5 bilhão na construção das três plantas.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: