CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Jean Wyllys critica "incoerência" do PSB

Deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) fez críticas ao ex-governador de Pernambuco e presidenciável pelo PSB, Eduardo Campos, acerca da escolha do Pastor Eurico (PSB-PE) como representante do partido na comissão que irá discutir o Plano Nacional de Educação (PNE); escolha, segundo Wyllys, não demonstra coerência com a "imagem que Eduardo Campos quer passar publicamente"; "Pastor Eurico é um fundamentalista religioso, famoso por se colocar contra uma educação que inclua e proteja as minorias e para cidadania", criticou

Imagem Thumbnail
Deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) fez críticas ao ex-governador de Pernambuco e presidenciável pelo PSB, Eduardo Campos, acerca da escolha do Pastor Eurico (PSB-PE) como representante do partido na comissão que irá discutir o Plano Nacional de Educação (PNE); escolha, segundo Wyllys, não demonstra coerência com a "imagem que Eduardo Campos quer passar publicamente"; "Pastor Eurico é um fundamentalista religioso, famoso por se colocar contra uma educação que inclua e proteja as minorias e para cidadania", criticou (Foto: Mariana Almeida)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Pernambuco 247 - O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) fez críticas ao ex-governador de Pernambuco e presidenciável pelo PSB, Eduardo Campos, acerca da escolha do Pastor Eurico (PSB-PE) como representante do PSB na comissão que irá discutir o Plano Nacional de Educação (PNE). De acordo com Wyllys, a escolha de Eurico para a comissão do PNE não demonstra coerência com a “imagem que Eduardo Campos quer passar publicamente”.

“Pastor Eurico é um fundamentalista religioso, famoso por se colocar contra uma educação que inclua e proteja as minorias e para cidadania. Que coerência pode ter o PSB, que se quer socialista, ao abrigar (e indicar para a comissão do PNE) alguém com a mentalidade de Eurico?”, questionou Wyllys, pelo Twitter. “A questão é: como o PSB faz essa indicação? Qual a coerência dessa indicação com a imagem que Eduardo Campos quer passar publicamente?”, acrescentou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O parlamentar ainda apresentou nomes como dos deputados Luíza Erundina e Glauber Braga como opções que poderiam ocupar o lugar do PSB na comissão, e manifestou uma preocupação com a mobilização da bancada evangélica para votar o PNE. O novo plano de ensino é duramente criticado pelos evangélicos, uma vez que determina um ensino sem discriminação de gênero e de opção sexual para professores e alunos. De acordo com os evangélicos, o novo PNE seria “mais um atentado” à família brasileira.

Após a manifestação de Wyllys, a presidente do PT em Pernambuco, Teresa Leitão, também se manifestou na internet. “Será que é coisa de nova política?”, disparou a petista.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO