Joanna Maranhão conquista três medalhas no GP de Missouri

A nadadora pernambucana o grande destaque entre as mulheres da equipe brasileira na competio; com os resultados de domingo, o Brasil encerrou a sua participao no GP de Missouri com dez medalhas conquistadas, sendo cinco de ouro, duas de prata e trs bronze

Joanna Maranhão conquista três medalhas no GP de Missouri
Joanna Maranhão conquista três medalhas no GP de Missouri (Foto: Andréa Rêgo Barros/247)

Beatriz Braga_PE247 – O final de semana terminou com muitos holofotes virados para o Brasil, sem deixar escapar o mérito do Nordeste, levado pela pernambucana Joanna Maranhão, que brilhou nas três etapas do Grand Prix 2011-2012 em Columbia, no estado americano Missouri. Ao todo, foram dez medalhas entregues aos brasileiros, sendo três para a nadadora pernambucana, no torneio preparativo para os Jogos Olímpicos de Londres-2012.

Nesta última etapa, Joanna terminou em terceiro lugar, na categoria dos 200m medley e alcançou um ótima tempo (2´14´´05). No masculino da mesma prova, Thiago Pereira teve seu melhor desempenho, levando ouro, com 1’59”91. Já nos cem metros livres, Cesar Cielo não decepcionou as expectativas e venceu a prova, com a expressiva marca de 49”51. Atrás dele, chegaram Nicholas Santos, em quinto lugar (50”46), e Nicolas Oliveira, sexto.

No seu blog pessoal, Joanna escreveu, na noite do domingo (12), a sua satisfação com os resultados da prévia dos jogos olímpicos de Londres, “muito feliz com os resultados, com muita saudade de casa e muita sede para continuar buscando”, remeteu, orgulhosa, aos seus fãs.

A equipe brasileira vem brilhando no pódio do campeonato desde o começo do torneio. A nadadora pernambucana levou o ouro, na segunda etapa do campeonato, ao vencer os 200 borboleta, em tempo de deixar os adversários “babando” (2’09”73), a marca foi recorde da atleta sem trajes tecnológicos. Joanna já havia recebido a medalha de prata nos 400 medley da primeira etapa.

Os resultados dos seus colegas também orgulharam (e muito) os brasileiros, que vibraram, na primeira etapa, com a medalha de ouro de Felipe Lima nos 100 peito e o bronze de Thiago Pereira nos 100 borboleta. Marcos Macedo ficou em quarto nessa categoria. Já Cesar Cielo, que nadou a prova na final B, chegou em segundo lugar. Na segunda etapa, Cielo levou ouro na sua principal prova, os 50m livre. Thiago Pereira ganhou o seu segundo bronze nos 100 costas e Leonardo de Deus acabou com a prata, nos 200 borboletas.

JOANNA MARANHÃO

A atleta recifense de 24 anos foi a menina prodígio que o Brasil acompanhou na superação dos seus recordes na água, nas provas e, também, nos desafios de sua vida pessoal. Com apenas 16 anos, a jovem chegou à quinta colocação nas Olimpíadas de Atenas, em 2004, e, com muito suor, se tornou a melhor atleta brasileira na categoria medley dos últimos dez anos. Hoje, a nadadora, que já está garantida nas Olimpíadas de Londres (2012), é considerada imbatível no país e ostenta um currículo invejável de torneios e medalhas.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247