"João não consegue resolver os problemas básicos de Aracaju"

Principal colunista do Jornal do Dia, a jornalista Rita Oliveira afirma que João Alves Filho "deixa transparecer que não trabalha como se fosse o prefeito de Aracaju, que tem a responsabilidade de manter a cidade limpa, organizada, sem buracos, sem muriçocas, com as praças iluminadas e em um bom estado, com o sistema de transporte funcionando e os abrigos protegendo os usuários do sol e da chuva"; ela diz ainda que ele só se preocupa com grandes obras; esta é a segunda análise crítica produzida nesta semana em relação ao prefeito da capital; o primeiro a se pronunciar foi o também jornalista Jozailto Lima

"João não consegue resolver os problemas básicos de Aracaju"
"João não consegue resolver os problemas básicos de Aracaju"
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sergipe 247 – Depois do jornalista Jozailto Lima fazer uma crítica avaliação sobre a atuação de João Alves Filho (DEM) como prefeito de Aracaju na edição do jornal Cinform que chegou ontem às bancas, a também jornalista Rita Oliveira comenta, nesta terça-feira (30), no Jornal do Dia, a desenvoltura do demista, que “deixa transparecer que não trabalha como se fosse o prefeito de Aracaju, que tem a responsabilidade de manter a cidade limpa, organizada, sem buracos, sem muriçocas, com as praças iluminadas e em um bom estado, com o sistema de transporte funcionando e os abrigos protegendo os usuários do sol e da chuva”.

Na avaliação da colunista, “João só pensa em projetos macros como a construção de uma grande avenida que vai do município de Nossa Senhora do Socorro até a Zona de Expansão de Aracaju e de aterrar o rio Sergipe em até 40 metros para fazer a continuidade do Calçadão da 13 até o Iate Clube, inclusive, com estacionamento”. Este tipo de atitude do novo prefeito da capital se deve ao fato da experiência acumulada por ele em cargos anteriores, como governador do Estado e como ministro, “acostumado a gerir ações para um Estado e país e não para uma cidade”. Os argumentos de Rita são os mesmos utilizados por Jozailto Lima.

Ela encerra dizendo que “o caos no sistema de transporte nunca visto na capital sergipana vai persistir porque o prefeito eleito para ser a solução não consegue resolver os problemas básicos de uma cidade”. “Acorda João”, é o apelo final da jornalista.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247