João Paulo enfrenta mais um processo na Justiça

Deputado federal e candidato a vice-prefeito do Recife pelo PT, o parlamentar afirmou que vai esclarecer o último motivo de seu nome estar envolvido em um processo de execução fiscal de um imóvel na Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes

João Paulo enfrenta mais um processo na Justiça
João Paulo enfrenta mais um processo na Justiça (Foto: Divulgação)

Raphael Coutinho _PE247

– O deputado federal e candidato a vice-prefeito do Recife pela chapa de Humberto Costa , João Paulo (PT), está sofrendo uma execução fiscal na Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes por não ter quitado o IPTU de um imóvel que está em seu nome. O processo de execução foi distribuído no último dia 23 de julho, na 1ª Vara da Fazenda Pública do Município. A informação foi divulgada no Blog do Magno na última sexta-feira (24).  Através de sua assessoria de imprensa, o parlamentar alegou que o imóvel teria sido vendido há cerca de 10 anos e que no período cobrado já não pertencia ao candidato.

“No período em que constam pagamentos atrasados de IPTU, ele não era mais proprietário do imóvel situado à rua Gregório de M. Guerra, 273. O imóvel pertenceu ao deputado, mas foi vendido há mais de uma década. A documentação referente à venda está sendo solicitada ao cartório de Jaboatão Dos Guararapes e serão tomadas as providências jurídicas necessárias para que o episódio seja esclarecido”, informa o documento emitido pela assessoria de João Paulo.

João Paulo é réu em quatro ações penais e um inquérito que correm no Supremo Tribunal Federal (STF). Em todas as situações, o parlamentar será julgado por Crimes da Lei de Licitação, quando da época em que comandava o executivo recifense. No entanto, caso o petista seja eleito vice-prefeito e perca o mandato de deputado federal, ele perderá o foro privilegiado, e os casos serão julgados pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247