CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

João teria 'ordenado' ausência de vereadores

Prefeito teme o risco da aprovação do requerimento de urgência-urgentíssima para apreciação do parecer da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara, que manteve a rejeição das contas da Prefeitura no exercício 2010 por parte do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM); "Ele (o prefeito) está com medo dessa pressão para votar as contas de 2010, por isso eles (a bancada governista) não querem dar quórum à sessão", disse um vereador que pediu anonimato

João teria 'ordenado' ausência de vereadores (Foto: Divulgação)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Romulo Faro_Bahia 247

Além da tradicional queda na produtividade justificada pelo período eleitoral, rumores obscuros rodeiam a Câmara Municipal do Salvador. Sem uma sessão plenária sequer há duas semanas, circula nos bastidores a informação de que o prefeito João Henrique (PP) "ordenou" que os vereadores não deem quórum para não haver risco da entrada de um possível requerimento de urgência-urgentíssima para apreciação do parecer da Comissão de Finanças e Orçamento da Casa que manteve a rejeição das contas da Prefeitura no exercício 2010 por parte do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Ele (o prefeito) está com medo dessa pressão para votar as contas de 2010, por isso eles (a bancada governista) não querem dar quórum à sessão", disse, no anonimato, um vereador ao site Metro 1. "Recebi o aviso desde cedo de que não teria sessão", contou outro vereador.

O medo de João é o de que algum parlamentar dê a última assinatura necessária para instalar a urgência para apreciação do parecer que pode lhe render oito anos de inelegibilidade. São necessárias, no mínimo, 14 assinaturas. O requerimento já conta com 13.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Os parlamentares que já votaram a favor da apreciação em caráter de urgência são todos os do bloco da oposição: Aladilce Souza (PCdoB), Alcindo da Anunciação (PT), Henrique Carballal (PT), Gilmar Santiago (PT), Giovanni (PT), Marta Rodrigues (PT), Moisés Rocha (PT), Olívia Santana (PCdoB), e Vânia Galvão (PT); além dos 'independentes' Adriano Meireles (PR), Andrea Mendonça (PV), Paulo Câmara (PSDB), Sandoval Guimarães (PMDB).

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO