CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Jogo da vergonha pode melar compra de Tardelli

Para ser reeleito nesta quinta-feira, o presidente do Atltico-MG, Alexandre Kalil, tenta repatriar o atacante, mas no possui recursos; o Cruzeiro, que evitou o rebaixamento com uma goleada suspeita contra o Galo, tem de sobra

Jogo da vergonha pode melar compra de Tardelli (Foto: ALISSON GONTIJO/AGÊNCIAESTADO)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O atacante Diego Tardelli, ex-ídolo da seleção brasileira, está no centro de uma disputa milionária, que pode estar relacionada ao jogo mais polêmico do Brasileirão 2011, na última rodada do torneio. Na partida, o Atlético-MG, que tinha a melhor defesa do segundo turno, perdeu por 6x1 para o Cruzeiro, que vinha com o pior ataque. De acordo com milhares de torcedores do próprio Galo, teria havido um acerto com o arquirrival para que a partida fosse entregue, evitando assim rebaixamento da Raposa. Ambos os clubes são patrocinados pelo BMG, o banco financiador do Mensalão, e a recompensa seria a transação envolvendo a recompra de Tardelli, ex-ídolo do Galo. Um negócio de R$ 26 milhões, em tese disputado também pelo Cruzeiro.

O preço já foi dado pelo Anzhi Makhachkala-RUS, onde Tardelli hoje atua. Quando perguntado a respeito da negociação, Alexandre Kalil, presidente do Atlético-MG, foi irônico. “O Tardelli vai morar em Belo Horizonte jogando no Cruzeiro? A torcida não vai deixar isso acontecer”, comentou Kalil à TV Alterosa, antes de manifestar total interesse em repatriá-lo: “Estamos empenhados e a torcida do Atlético sabe disso, mas agora não é hora de falar”. Kalil disputa a reeleição nesta quinta-feira.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Denúncias na internet

O problema é que denúncias na internet apontam que o dinheiro para a compra do atacante viria do arquirrival Cruzeiro, beneficiado pela goleada contra o Galo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Leia, abaixo, comentário de um leitor em reportagem do 247 sobre o jogo da vergonha:

1. PARA QUEM NÃO ENTENDEU O QUE ACONTECEU! Imaginem o impacto negativo para o banco BMG se o cruzeiro tivesse caído. Prejuízo no investimento feito, perda de visibilidade da marca, a globo não transmitindo os jogos do cruzeiro na série B. Qual foi o plano de salvação que o BMG? Uma reunião entre Zezé Perrella, Ricardo Guimarães e Kalil, ficou definido que seria pago,por volta de 25 milhões de reais para o Galo entregar o jogo. Parte do dinheiro seria para bancar a vinda do Tardelli (8 milhões de euros), o bicho pago para o Bahia (5 milhões de reais), e os restantes para pagar o bicho do jogo, etc. O repatriamento do Tardelli era a carta na manga do Kalil para a sua reeleição, mas como é do conhecimento de todos, O Galo não tem dinheiro para comprar o jogador. A solução foi vender o jogo, mas não por esse placar. O plano era perder por uma diferença de 1 gol, no máximo uns 2 gols, para passar batido. Mas alguns jogadores que foram comprados e obrigados a entregar o jogo, não concordaram com a trama, e resolveram perder por um placar elástico, como forma de denunciar a armação que estava sendo feita. Um placar com um gol de diferença, poderia passar batido, como se fosse algo normal, e toda farsa passar despercebida. Lógico que eles não compraram o time todo, mas peças essenciais para não ficar muito na cara. Réver é um deles, que eu posso afirmar, vocês sabem quem banca ele né? (Banco BMG). Ele foi um dos que ficou mais puto, tendo que entregar e desobedeceu a ordem de perder por placar mínimo. Mão só ele, mas outros não concordaram com o que estava acontecendo nos bastidores, pois o Galo vinha em ascensão, e isso ia levar por água baixo, todo trabalho de recuperação feita nos segundo semestre. Só repararem na insatisfação do Daniel Carvalho após o jogo. Resolveram, de uma certa forma, escancarar para a torcida, o que estava sendo tramado nos bastidores, já que nenhum deles ia pra imprensa divulgar toda armação que estava sendo feita. Agora parem para pensar. Como o Galo que era um dos times de melhor aproveitamento no segundo turno, com a melhor defesa do segundo turno,um dos melhores zagueiros do campeonato, que vinha embalado de uma vitória de 4 a 0 sobre o Botafogo, enfrenta um time desfalcado dos seus dois principais jogadores, um dos times de pior aproveitamento no segundo turno, que vinha a dezenas de jogos sem uma vitória sequer, que conseguiu empatar com o lanterna rebaixado Avaí, consegue a façanha de perder por uma placar que nem o cruzeirense mais otimista teria imaginado? Estranho, né? Muuuuuuuito estranho! Resumindo, o plano não saiu como o \"combinado\", devido ao placar vergonhoso. Tardelli será anunciado essa semana, acho que ninguém ficará surpreso como, de repente, o dinheiro apareceu para comprá-lo! É isso aí, futebol virou isso, e não é muito diferente da política não!

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO