Juristas lançam livro sobre julgamento de Lula em São Paulo

Um grupo de professores e juristas lançam nesta segunda-feira na PUC o livro 'Comentários a uma sentença anunciada: o processo Lula'.Segundo os autores, a publicação 'evidencia os abusos e inconsistências que configuraram na condução do processo contra Lula'; o livro reúne artigos de diversos juristas, como Lênio Streck e Pedro Estevam Serrano, Celso Antônio Bandeira de Mello, Weida Zancanner e José Eduardo Cardozo

Um grupo de professores e juristas lançam nesta segunda-feira na PUC o livro 'Comentários a uma sentença anunciada: o processo Lula'.Segundo os autores, a publicação 'evidencia os abusos e inconsistências que configuraram na condução do processo contra Lula'; o livro reúne artigos de diversos juristas, como Lênio Streck e Pedro Estevam Serrano, Celso Antônio Bandeira de Mello, Weida Zancanner e José Eduardo Cardozo
Um grupo de professores e juristas lançam nesta segunda-feira na PUC o livro 'Comentários a uma sentença anunciada: o processo Lula'.Segundo os autores, a publicação 'evidencia os abusos e inconsistências que configuraram na condução do processo contra Lula'; o livro reúne artigos de diversos juristas, como Lênio Streck e Pedro Estevam Serrano, Celso Antônio Bandeira de Mello, Weida Zancanner e José Eduardo Cardozo (Foto: Romulo Faro)

SP 247 - Um grupo de professores e juristas lançam nesta segunda-feira na PUC o livro 'Comentários a uma sentença anunciada: o processo Lula'.

Segundo os autores, a publicação 'evidencia os abusos e inconsistências que configuraram na condução do processo contra Lula'.

O livro foi escrito por Juarez Tavares, Carol Proner, Gisele Cittadino, João Ricardo Dornelles, Gisele Ricobom, doutores e professores de direito na UERJ, UFRJ, PUC-Rio e UNILA.

A publicação reúne artigos de diversos juristas, como Lênio Streck e Pedro Estevam Serrano, Celso Antônio Bandeira de Mello, Weida Zancanner e José Eduardo Cardozo.

Além do lançamento do livro, haverá uma palestra 'dedicada a debater os impactos causados ao Estado Democrático de Direito, tendo em vista a atual politização e ativismo do Judiciário'.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247