Kalil, médico de Lula: "Não há mais tumor"

Internao por desidratao permitiu constatar desaparecimento do cncer na laringe, segundo Roberto Kalil Filho; Lula, que vem tendo dificuldades para se alimentar, j perdeu nove quilos e passa o fim de semana no hospital

Kalil, médico de Lula: "Não há mais tumor"
Kalil, médico de Lula: "Não há mais tumor" (Foto: PEDRO LADEIRA/AGÊNCIA ESTADO)

247, com Agência Estado - Médico de Lula, Roberto Kalil Filho afirmou neste sábado que "não há mais tumor", sobre o câncer na laringe do ex-presidente, diagnosticado em outubro. A notícia de que o tumor havia praticamente sumido foi dada a Lula dias atrás pelos médicos. Ela se tornaria pública por meio de um anúncio da equipe provavelmente na próxima sexta-feira, 17, mas foi confirmada neste sábado por Kalil.

Lula da Silva foi internado hoje no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, às 17h, após visita do médico Artur Katz. Na avaliação, Katz observou que o ex-presidente estava fraco e apresentava forte tosse e a equipe médica constatou "apenas a presença de inflamação de mucosa da laringe e esôfago", consequência das sessões de radioterapia às quais Lula foi submetido. Segundo boletim médico divulgado no início da noite pelo hospital, ele teve queixas de perda de apetite e fadiga.

Lula deve permanecer internado ao longo do fim de semana para observação, com medidas de suporte nutricional. Ele vai fazer também sessões de fisioterapia e fonoaudiologia. A decisão de internação foi tomada por precaução, já que no hospital o monitoramento da evolução do estado de saúde de Lula é mais preciso. O ex-presidente, acompanhado de sua esposa Marisa Letícia, está recebendo medicamentos para reidratação. De acordo com os médicos, o estado de saúde do ex-presidente é bom e não haverá mudanças no plano de tratamento radioterápico.

Ontem, Lula havia passado por nova sessão de radioterapia, parte do tratamento contra um câncer de laringe descoberto no final de outubro. Segundo o boletim médico divulgado mais cedo, os problemas apresentados são comuns a pacientes que se submetem a esse tipo de tratamento. Depois de passar o fim de semana hospitalizado, Lula deve retomar a radioterapia na segunda-feira, conforme o prevê o cronograma. Lula deve encerrar até o final da semana o total planejado de 33 sessões de radioterapia.

A equipe médica que cuida de Lula é coordenada pelos médicos Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz e João Luís Fernandes da Silva. Assinam o boletim médico Antonio Carlos Onofre de Lira, diretor técnico hospitalar, e Paulo Cesar Ayroza Galvão, diretor clínico do Sírio-Libanês.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247