CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Kassab: “Alckmin deve a verdade sobre água”

Pré-candidato do PSD cobra informações oficiais sobre iminência de racionamento de água em São Paulo; "Tudo o que foi dito até agora pelo governador do Estado era tranquilizador", disse Gilberto Kassab ao 247; "O que houve de verdade? Como se chegou a esse quadro?"; nível do Sistema Cantareira caiu para 13,5%, o menor da história; governador Geraldo Alckmin vem negando enfaticamente a possibilidade de água ser racionada, mas diferentes cidades do Estado já enfrentam situação; "A questão da água tem a ver com erros cometidos nos últimos 20 anos", aponta Kassab; presidente da Agência Nacional de Águas disse na Câmara dos Deputados que racionamento terá de ocorrer independentemente do "quadro político-eleitoral"

Imagem Thumbnail
Pré-candidato do PSD cobra informações oficiais sobre iminência de racionamento de água em São Paulo; "Tudo o que foi dito até agora pelo governador do Estado era tranquilizador", disse Gilberto Kassab ao 247; "O que houve de verdade? Como se chegou a esse quadro?"; nível do Sistema Cantareira caiu para 13,5%, o menor da história; governador Geraldo Alckmin vem negando enfaticamente a possibilidade de água ser racionada, mas diferentes cidades do Estado já enfrentam situação; "A questão da água tem a ver com erros cometidos nos últimos 20 anos", aponta Kassab; presidente da Agência Nacional de Águas disse na Câmara dos Deputados que racionamento terá de ocorrer independentemente do "quadro político-eleitoral" (Foto: Sheila Lopes)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Marco Damiani _ 247 – O pré-candidato do PSD ao governo de São Paulo, Gilberto Kassab, cobrou, em entrevista ao 247, explicações públicas do governador Geraldo Alckmin a respeito da iminência de um racionamento de água no Estado. A medida foi apontada como inevitável pelo presidente da Agência Nacional de Águas, Vicente Andreu Guillo, em audiência na Câmara dos Deputados. Ele afirmou que não é possível realizar obras de curto prazo para suprir a baixa do Sistema Cantareira. Ali, nesta quinta-feira 3, o nível da água chegou a 13,5%, o menor da história.

- Todas as notícias dadas até aqui, especialmente as vindas do governador Geraldo Alckmin, eram tranquilizadoras, iniciou Kassab ao 247. "Mas o que se temia pelos que vinham acompanhando de perto a situação, como eu tenho feito, vai se tornando impossível de esconder. O racionamento de água será uma necessidade no Estado de São Paulo, são os técnicos que estão dizendo. Por que o governador não antecipou o problema para a população? Por que os prefeitos não foram informados e mobilizados? Por que não há um plano para enfrentar a situação que se mostra inevitável?"

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

- O que pode ser feito?

- A primeira atitude é o governador Geraldo Alckmin mostrar a verdade sobre a situação da água no Estado. Por que chegamos a esse quadro caótico? É só falta de chuvas ou há muito de falta de planejamento, de investimentos e de prioridade? O que foi feito nos últimos 20 anos no setor? Como será administrado o racionamento? É preciso falar a verdade sobre tudo isso.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

- O presidente da ANA acredita que o racionamento é inevitável. Como o sr. avalia essa alternativa?

- Essas notícias despertam perplexidade, porque tudo o que se ouviu até aqui do governo do Estado foram notícias tranquilizadoras. O governador nega com insistência qualquer possibilidade de racionamento, e não preparou o Estado para essa alternativa. Essa é uma questão muito grave, que afeta milhões de famílias. É preciso muito mais transparência.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

- A campanha eleitoral será um palco adequado para se obter essas respostas?

- O tema da água é hoje o de maior preocupação da população, assim como o da segurança. É um assunto que sem dúvida terá de ser passado a limpo. O PSDB está há 20 anos no poder em São Paulo e jamais poderia deixar que se chegasse a este ponto. Faltou planejamento, faltou investimento e faltou prioridade. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO