Kátia: demissão de Geddel não encerra o caso

Senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) disse que a queda de Geddel Vieira Lima da Secretaria de Governo de Michel Temer, em meio ao escândalo denunciado pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero, não encerra o caso; "Cabe uma investigação profunda", afirmou a senadora pelo Twitter; senadora foi irônica com o colega de partido; "E o processo contra mim na comissão de ética do PMDB pedindo minha expulsão foi aberto pelo ex Min Geddel. Quanta ironia do destino. No passado castigo vinha a cavalo mas hoje vem por E mail. O céu está todo informatizado", afirmou

Senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) disse que a queda de Geddel Vieira Lima da Secretaria de Governo de Michel Temer, em meio ao escândalo denunciado pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero, não encerra o caso; "Cabe uma investigação profunda", afirmou a senadora pelo Twitter; senadora foi irônica com o colega de partido; "E o processo contra mim na comissão de ética do PMDB pedindo minha expulsão foi aberto pelo ex Min Geddel. Quanta ironia do destino. No passado castigo vinha a cavalo mas hoje vem por E mail. O céu está todo informatizado", afirmou
Senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) disse que a queda de Geddel Vieira Lima da Secretaria de Governo de Michel Temer, em meio ao escândalo denunciado pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero, não encerra o caso; "Cabe uma investigação profunda", afirmou a senadora pelo Twitter; senadora foi irônica com o colega de partido; "E o processo contra mim na comissão de ética do PMDB pedindo minha expulsão foi aberto pelo ex Min Geddel. Quanta ironia do destino. No passado castigo vinha a cavalo mas hoje vem por E mail. O céu está todo informatizado", afirmou (Foto: Aquiles Lins)

Tocantins 247 - A senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) usou de ironia nessa sexta-feira, 25, para comentar a queda de Geddel Vieira Lima da Secretaria de Governo de Michel Temer, em meio ao escândalo denunciado pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero.

"Ex-ministro Gedel não entendeu que a sociedade brasileira não aceita mais as práticas patrimonialistas. O pedido de demissão do Ex Ministro Gedel não encerra o caso. Cabe uma investigação profunda", afirmou a senadora pelo Twitter.

Kátia lembra que responde a processo no comitê de Ética do PMDB "por ter sido fiel às eleições de 2014. E Gedel vai responder?"

"E o processo contra mim na comissão de ética do PMDB pedindo minha expulsão foi aberto pelo ex Min Geddel. Quanta ironia do destino. No passado castigo vinha a cavalo mas hoje vem por E mail. O céu está todo informatizado", afirmou. 

 

 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247