Lacerda critica Dilma: 'existe um vácuo de poder'

O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), criticou a condução política da presidente Dilma; segundo o chefe do Executivo municipal, o presidencialismo de coalizão não funciona; "Há um vácuo de poder e isso é muito ruim para a democracia e o bem estar do povo", disse o gestor, o ao chegar a um evento na sede do TJMG

O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), criticou a condução política da presidente Dilma; segundo o chefe do Executivo municipal, o presidencialismo de coalizão não funciona; "Há um vácuo de poder e isso é muito ruim para a democracia e o bem estar do povo", disse o gestor, o ao chegar a um evento na sede do TJMG
O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), criticou a condução política da presidente Dilma; segundo o chefe do Executivo municipal, o presidencialismo de coalizão não funciona; "Há um vácuo de poder e isso é muito ruim para a democracia e o bem estar do povo", disse o gestor, o ao chegar a um evento na sede do TJMG (Foto: Leonardo Lucena)

Minas 247 - O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), criticou nesta sexta-feira a condução política da presidente Dilma Rousseff (PT). De acordo com o chefe do Executivo municipal, cujo partido adotou postura de independência no Congresso Nacional, o presidencialismo de coalizão não funciona.

"Há um vácuo de poder e isso é muito ruim para a democracia e o bem estar do povo", disse o gestor, o ao chegar a um evento na sede do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

O evento também contou com a participação do vice-presidente da República, Michel Temer, representando a presidente Dilma Rousseff.

Segundo a assessoria da chefe do Executivo federal, ela cancelou sua viagem em função do estado de saúde de dona Dilma Jane Coimbra, de 90 anos, que estaria doente, obrigando a presidente a permanecer em Brasília para cuidar da mãe.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247