Geral

Laudo revela detalhes da causa da morte de Djidja Cardoso, ex-sinhazinha do Boi Garantido

O IML divulgou o laudo da morte de Djidja Cardoso, de 32 anos, encontrada morta, sobre uma cama,

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O IML divulgou o laudo da morte de Djidja Cardoso, de 32 anos, encontrada morta, sobre uma cama, dentro da residência onde morava com a mãe, Cleudimar Cardoso, e o irmão, Ademar Cardoso. Eles e outros três funcionários da família estão presos suspeitos de integrarem um grupo religioso que promovia o uso da cetamina em rituais.

A Polícia Civil acredita que a morte de Djidja Cardoso ainda está relacionada a uma possível overdose de ketamina. A substância tem efeito anestésico, causando alucinações e sensação de bem-estar, quando usada de forma recreativa.

De acordo com G1, o laudo aponta “depressão dos centros cardiorrespiratórios centrais bulbares; congestão e edema cerebral de causa indeterminada”, que é uma condição caracterizada pelo inchaço no cérebro. No entanto, o IML não explicou o que poderia ter desencadeado o problema.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO