‘Líderes de facções em AL foram isolados’, diz Renan

O governador Renan Filho (PMDB) afirmou que os líderes de facções criminosas já foram isolados no sistema prisional de Alagoas, após os últimos massacres que deixaram vários reeducandos mortos em Manaus e Boa Vista; ele admitiu que existe o risco de acontecer, no estado, confronto idêntico ao registrado na Região Norte; "Eles foram isolados por organização também. Estamos trabalhando e, nos próximos dois meses, vamos entregar um novo presídio que vai ajudar o sistema de Alagoas. É importante isso, se não, afeta diretamente a rua", afirmou Renan 

O governador Renan Filho (PMDB) afirmou que os líderes de facções criminosas já foram isolados no sistema prisional de Alagoas, após os últimos massacres que deixaram vários reeducandos mortos em Manaus e Boa Vista; ele admitiu que existe o risco de acontecer, no estado, confronto idêntico ao registrado na Região Norte; "Eles foram isolados por organização também. Estamos trabalhando e, nos próximos dois meses, vamos entregar um novo presídio que vai ajudar o sistema de Alagoas. É importante isso, se não, afeta diretamente a rua", afirmou Renan 
O governador Renan Filho (PMDB) afirmou que os líderes de facções criminosas já foram isolados no sistema prisional de Alagoas, após os últimos massacres que deixaram vários reeducandos mortos em Manaus e Boa Vista; ele admitiu que existe o risco de acontecer, no estado, confronto idêntico ao registrado na Região Norte; "Eles foram isolados por organização também. Estamos trabalhando e, nos próximos dois meses, vamos entregar um novo presídio que vai ajudar o sistema de Alagoas. É importante isso, se não, afeta diretamente a rua", afirmou Renan  (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - O governador Renan Filho (PMDB) disse à imprensa, na manhã desta terça- feira (10), que os líderes de facções criminosas já foram isolados no sistema prisional de Alagoas, após os últimos massacres que deixaram vários reeducandos mortos em presídios de Manaus e Boa Vista. Ele admitiu que existe o risco de acontecer, no estado, confronto idêntico ao registrado na Região Norte. 

Segundo o chefe do Executivo, apesar da iminência de uma grande rebelião em alguma unidade prisional do estado, o governo vem agindo para conter ações criminosas dentro e fora das celas. 

"Claro que existe o risco de acontecer o massacre em todo o Brasil, mas vocês estão vendo que, desde o dia em que começou em Manaus, trabalhamos diariamente. Depois, podemos mostrar fora do ar alguns áudios que a Secretaria de Segurança tem, revelando que essas organizações criminosas trabalham para desestabilizar o Brasil todo. Temos tomado cuidado, trabalhado firme, mas isso pode acontecer em qualquer lugar. Fizemos revista em todos os presídios, como no Agreste, ontem, que é o único terceirizado, e, em todas as unidades, apreendemos telefones, drogas, bilhetes, armas artesanais. O governo deve fazer esse trabalho de maneira recorrente", disse Renan Filho. 

Medida preventiva

Durante a coletiva, Renan aproveitou a oportunidade para informar que todos os líderes de facções criminosas foram isolados por grau de periculosidade. "Eles foram isolados por organização também. Estamos trabalhando e, nos próximos dois meses, vamos entregar um novo presídio que vai ajudar o sistema de Alagoas. É importante isso, se não, afeta diretamente a rua", reforça o governador.

O secretário de Estado de Segurança Pública, coronel Paulo Domingos Lima Júnior, disse que foi convidado para a reunião dos secretários em Brasília, no próximo dia 17, a fim de discutir saídas para a crise nos sistemas prisionais. 

"Estarei lá e vamos debater o Plano Nacional de segurança. Hoje já vamos ter uma reunião aqui para discutir o plano e já ver soluções que possam ser apresentadas ao Ministério. Vamos analisá-lo, mas ele basicamente trata do fortalecimento do patrulhamento das fronteiras - que não é o nosso caso -, integração das inteligências e outras ações que acredito que serão importantes para a população brasileira", explicou o gestor. 

Denúncia de agentes

Sobre o possível envolvimento do juiz Braga Neto com presos do Primeiro Comando da Capital (PCC), segundo denúncia do Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindapen), Renan Filho disse ser importante que a categoria esteja atenta, mas que o magistrado é um homem de caráter e que este tipo de desentendimento agora só enfraquece o sistema prisional. 

"Esses desentendimentos não são bons para ninguém e não são bons para Alagoas. Tenho defendido sempre que a estabilidade institucional do estado tem ajudado muito para que avancemos na crise. Imagine se tivéssemos o governador brigando com a Assembleia, com o Tribunal de Justiça. Alagoas já viveu esses momentos e cria muita dificuldade. Acho que o momento do sistema prisional agora é para nos unirmos, de forma que ele permaneça firme", pontuou o governador. 

Distribuição de coletes e incineração de drogas

O Governo de Alagoas incinerou mais de três toneladas de entorpecentes e entregou equipamentos e veículos para as Polícias Civil (PC), Militar (PM) e Corpo de Bombeiros (CBM). A solenidade ocorreu nesta manhã, na Academia de Polícia Militar, no bairro do Trapiche da Barra. 

A Polícia Militar foi contemplada com dois ônibus que foram comprados com recursos do Fundo Estadual de Segurança Pública (Funesp) e servirão para transporte da tropa. A corporação também receberá coletes reflexivos ou de identificação. Já para a Polícia Civil, foram entregues pistolas e coletes balísticos, garantindo, assim, que cada policial possua sua arma cautelada do Estado.

"Essa entrega resolve de uma vez por todas o problema que as policiais tinham,especialmente a Civil. Eu tinha assumido esse compromisso com eles. Também estamos entregando trezentas pistolas Taurus, que vão melhorar a qualidade do trabalho e a eficiência dos policiais. O governo de Alagoas não descansa enquanto não dermos sequência à diminuição da violência", disse Renan. 

O governador ainda disse que vai entregar, neste mês, a nova fase do laboratório forense. "Eu disse que entregaríamos, que essas coisas são por etapa. Agora ele está pronto e vamos entregá-lo nos próximos dias".

Com gazetaweb.com

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247