Lídice sugere medidas no turismo para ajudar a combater a crise

Vice-presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo, a senadora Lídice da Mata defende que o governo federal adote medidas de incentivo ao setor para o enfrentamento da crise econômica que atinge o País; ela defende que sejam facilitadas as emissões de vistos para visitantes estrangeiros; a implantação da conta satélite do turismo e a desoneração da cadeia produtiva; "É preciso facilitar a emissão destes vistos, principalmente para o turista americano, de alto poder econômico e que está numa localização relativamente próxima ao Brasil. Com o dólar em alta, o Brasil pode ser um destino turístico viável para os norte-americanos"

Vice-presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo, a senadora Lídice da Mata defende que o governo federal adote medidas de incentivo ao setor para o enfrentamento da crise econômica que atinge o País; ela defende que sejam facilitadas as emissões de vistos para visitantes estrangeiros; a implantação da conta satélite do turismo e a desoneração da cadeia produtiva; "É preciso facilitar a emissão destes vistos, principalmente para o turista americano, de alto poder econômico e que está numa localização relativamente próxima ao Brasil. Com o dólar em alta, o Brasil pode ser um destino turístico viável para os norte-americanos"
Vice-presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo, a senadora Lídice da Mata defende que o governo federal adote medidas de incentivo ao setor para o enfrentamento da crise econômica que atinge o País; ela defende que sejam facilitadas as emissões de vistos para visitantes estrangeiros; a implantação da conta satélite do turismo e a desoneração da cadeia produtiva; "É preciso facilitar a emissão destes vistos, principalmente para o turista americano, de alto poder econômico e que está numa localização relativamente próxima ao Brasil. Com o dólar em alta, o Brasil pode ser um destino turístico viável para os norte-americanos" (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - Vice-presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo, a senadora Lídice da Mata (PSB) defende que o governo federal adote medidas de incentivo ao setor para o enfrentamento da crise econômica que atinge o País. A socialista defende que sejam facilitadas as emissões de vistos para visitantes estrangeiros; a implantação da conta satélite do turismo e a desoneração da cadeia produtiva.

De acordo com a parlamentar baiana, a flexibilização dos vistos vai contribuir para que o Brasil amplie a atração de estrangeiros, estagnada há pelo menos sete anos em 5 e 6 milhões de turistas por ano. "É preciso facilitar a emissão destes vistos, principalmente para o turista americano, de alto poder econômico e que está numa localização relativamente próxima ao Brasil. Com o dólar em alta, o Brasil pode ser um destino turístico viável para os norte-americanos".

Já com relação à implementação da conta satélite, a senadora acredita que a ferramenta adotada pela OMT (Organização Mundial do Turismo) permite uma análise mais apurada sobre os gastos de turistas nas localidades e seus impactos na economia. "Precisamos debater e implantar essa sistemática no Brasil, pois os dados que obtemos hoje são muito subjetivos", afirmou Lídice.

No que se refere à carga tributária, que a parlamentar baiana considera elevada, ela afirma que este "certamente, é um dos principais entraves frente à competição mundial por destinos turísticos".

Apesar de não estar entre os principais destinos turísticos do mundo, o Brasil tem na atividade um dos principais motores da sua economia.
Segundo o Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC), em 2014, no Brasil, o setor movimentou R$ 492 bilhões, representando 9,6 % do PIB nacional e gerando cerca de 8,8 milhões de empregos diretos e indiretos, números que demonstram a força do turismo.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247