“Lua de mel entre João e aracajuanos acabou”, avalia Cláudio Nunes

Para blogueiro, a total falta de diálogo com os servidores e a ação de desapropriação das casas do bairro 17 de Março na semana passada são duas situações que decepcionaram os aracajuanos, que depositaram a confiança em João Alves Filho (DEM)

“Lua de mel entre João e aracajuanos acabou”, avalia Cláudio Nunes
“Lua de mel entre João e aracajuanos acabou”, avalia Cláudio Nunes
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sergipe 247 – O jornalista Cláudio Nunes, em seu blog no Portal Infonet, afirma nesta segunda-feira (25) que “depositário da manifestação de esperança traduzida pelos aracajuanos no sentido de uma administração afinada com seus anseios, o prefeito João Alves Filho (DEM) vê que, infelizmente, a lua de mel entre ele e a população da capital, simplesmente, acabou”.

Para embasar tal declaração, o blogueiro ressalta que “uma série de medidas, dentre as quais a total ausência de negociação salarial para os servidores municipais, abrangendo várias categorias, mostrou, em menos de 30 dias, uma atuação diametralmente oposta do Poder Executivo municipal”.

E prossegue: “Para completar, logo após a programação desenvolvida para comemorar os 158 anos da cidade, eis que ocorre uma intervenção lamentável no processo de reintegração de posse de centenas de casas populares construídas justamente no mais novo bairro de Aracaju, numa coincidência terrível denominado “17 de março””.

Segundo Cláudio Nunes, “para corrigir as injustiças cometidas na operação, foi necessário que a Defensoria Pública interviesse, para obrigar o poder público do município a respeitar os direitos adquiridos por vários cidadãos (já cadastrados), por sinal, garantidos pela legislação do país, dentre os quais se insere o direito à moradia”. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email