Lula encampa bandeira das Diretas Já

"Gostaria que tivesse eleição direta para presidente. Não posso aceitar que a gente tenha um presidente eleito indiretamente pelo Congresso", declarou o ex-presidente na manhã desta terça-feira 29, em entrevista à Rádio Itatiaia, de Minas Gerais; ele disse ainda que "foi uma desfaçatez o que fizeram com a Dilma", ao tirá-la do poder prometendo que o golpe solucionaria a crise econômica do País; o petista também fez duras críticas à Lava Jato e à cobertura da investigação pela mídia; "Você percebe que algumas pessoas do Ministério Público e da Polícia Federal trabalham como serviçais da imprensa"

"Gostaria que tivesse eleição direta para presidente. Não posso aceitar que a gente tenha um presidente eleito indiretamente pelo Congresso", declarou o ex-presidente na manhã desta terça-feira 29, em entrevista à Rádio Itatiaia, de Minas Gerais; ele disse ainda que "foi uma desfaçatez o que fizeram com a Dilma", ao tirá-la do poder prometendo que o golpe solucionaria a crise econômica do País; o petista também fez duras críticas à Lava Jato e à cobertura da investigação pela mídia; "Você percebe que algumas pessoas do Ministério Público e da Polícia Federal trabalham como serviçais da imprensa"
"Gostaria que tivesse eleição direta para presidente. Não posso aceitar que a gente tenha um presidente eleito indiretamente pelo Congresso", declarou o ex-presidente na manhã desta terça-feira 29, em entrevista à Rádio Itatiaia, de Minas Gerais; ele disse ainda que "foi uma desfaçatez o que fizeram com a Dilma", ao tirá-la do poder prometendo que o golpe solucionaria a crise econômica do País; o petista também fez duras críticas à Lava Jato e à cobertura da investigação pela mídia; "Você percebe que algumas pessoas do Ministério Público e da Polícia Federal trabalham como serviçais da imprensa" (Foto: Gisele Federicce)

Minas 247 - O ex-presidente Lula concedeu na manhã desta terça-feira 29 uma entrevista à Rádio Itatiaia, de Minas Gerais, em que fez duras críticas ao golpe parlamentar contra Dilma Rousseff, à Lava Jato e encampou a bandeira das Diretas Já.

"Gostaria que tivesse eleição direta para presidente. Não posso aceitar que a gente tenha um presidente eleito indiretamente pelo Congresso", declarou Lula.

Ele disse que "foi uma desfaçatez o que fizeram com a Dilma", ao tirá-la do poder prometendo que o golpe solucionaria a crise econômica do País.

O petista também fez duras críticas à Lava Jato e à cobertura da investigação pela mídia. "Você percebe que algumas pessoas do Ministério Público e da Polícia Federal trabalham como serviçais da imprensa".

Lula faz hoje uma visita à Ocupação Isidora, em Belo Horizonte.

Confira o áudio da entrevista:

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247