Maguito concentra forças em Daniel para 2018 e descarta Caiado

O prefeito de Aparecida de Goiânia reforçou ao Jornal Opção que não vai disputar mais cargo público e disse estar concentrado nas pretensões do filho, o deputado federal Daniel Vilela, em ser candidato ao governo de Goiás; "Eu sou carta fora do baralho, eu não vou concorrer com o meu filho"; ao ser questionado sobre possível apoio do PMDB ao senador Ronaldo Caiado, do DEM, numa candidatura ao Palácio das Esmeraldas, Maguito descartou: "Como é que um partido que elege o prefeito da capital, da segunda maior cidade do Estado, de um grande número de cidades grandes e médias deixa de ter candidato ao governo?"

O prefeito de Aparecida de Goiânia reforçou ao Jornal Opção que não vai disputar mais cargo público e disse estar concentrado nas pretensões do filho, o deputado federal Daniel Vilela, em ser candidato ao governo de Goiás; "Eu sou carta fora do baralho, eu não vou concorrer com o meu filho"; ao ser questionado sobre possível apoio do PMDB ao senador Ronaldo Caiado, do DEM, numa candidatura ao Palácio das Esmeraldas, Maguito descartou: "Como é que um partido que elege o prefeito da capital, da segunda maior cidade do Estado, de um grande número de cidades grandes e médias deixa de ter candidato ao governo?"
O prefeito de Aparecida de Goiânia reforçou ao Jornal Opção que não vai disputar mais cargo público e disse estar concentrado nas pretensões do filho, o deputado federal Daniel Vilela, em ser candidato ao governo de Goiás; "Eu sou carta fora do baralho, eu não vou concorrer com o meu filho"; ao ser questionado sobre possível apoio do PMDB ao senador Ronaldo Caiado, do DEM, numa candidatura ao Palácio das Esmeraldas, Maguito descartou: "Como é que um partido que elege o prefeito da capital, da segunda maior cidade do Estado, de um grande número de cidades grandes e médias deixa de ter candidato ao governo?" (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - Os recados de peemedebistas para o senador Ronaldo Caiado (DEM) são cada vez mais enfáticos. Está nítido que o PMDB não irá apoiá-lo numa candidatura ao governo se ele continuar no Democratas. O prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela, falou ao Jornal Opção que não será candidato a nada e que sua prioridade é bancar o filho Daniel Vilela (deputado federal) ao Palácio das Esmeraldas.

"Eu sou carta fora do baralho, eu não vou concorrer com o meu filho. Como é que um partido que elege o prefeito da capital, da segunda maior cidade do Estado, de um grande número de cidades grandes e médias deixa de ter candidato ao governo?", disse Maguito, descartando um apoio do PMDB a Caiado.

"O PMDB tem que ter candidato em 2018 e vai ter. Eu sempre defendi isso e não é só para o PMDB não, eu defendo que todo partido sério, que se preze, tem que lançar candidato", concluiu Maguito.

O deputado estadual Adib Elias sugeriu que Caiado se filiasse ao PMDB. O movimento foi rejeitado pelo senador: "Não tem sentido".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247