Maioria do PMDB defende candidatura própria em 2018, diz João Henrique

O ex-ministro João Henrique Sousa, atual vice-presidente do PMDB, garante que a maioria do partido é contra a adesão ao governo de Wellington Dias; a formalização desse acordo só interessaria a umas poucas pessoas; segundo João Henrique, a maioria dos delegados e militantes do PMDB condenam a aliança e defendem "fortemente" a candidatura própria a governador em 2018.  

O ex-ministro João Henrique Sousa, atual vice-presidente do PMDB, garante que a maioria do partido é contra a adesão ao governo de Wellington Dias; a formalização desse acordo só interessaria a umas poucas pessoas; segundo João Henrique, a maioria dos delegados e militantes do PMDB condenam a aliança e defendem "fortemente" a candidatura própria a governador em 2018.
 
O ex-ministro João Henrique Sousa, atual vice-presidente do PMDB, garante que a maioria do partido é contra a adesão ao governo de Wellington Dias; a formalização desse acordo só interessaria a umas poucas pessoas; segundo João Henrique, a maioria dos delegados e militantes do PMDB condenam a aliança e defendem "fortemente" a candidatura própria a governador em 2018.   (Foto: Leonardo Lucena)

Piauí Hoje - O ex-ministro João Henrique Sousa, atual vice-presidente do PMDB, garante que a maioria do partido é contra a adesão ao governo de Wellington Dias. A formalização desse acordo só interessaria a umas poucas pessoas. Segundo João Henrique, a maioria dos delegados e militantes do PMDB condenam a aliança e defendem "fortemente" a candidatura própria a governador em 2018.

O vice-presidente do PMDB reiterou que a maioria dos militantes e delegados do partido não pretende ir para o governo e defende fortemente uma candidatura própria em 2018. "Fiz um encontro em Piripiri e não ouvi uma manifestação de alguém do PMDB querendo ir para o governo. Em Floriano foram expressivas as manifestações feitas de condenações de uma ida ao governo e de respeito a ideia de uma candidatura própria. Na realidade, diria que algumas pessoas do PMDB, muito poucas, pretendem ir para o governo, fazer parceria com o atual governo", garante João Henrique.

O coordenador da Caravana Movimenta Piauí, patrocinada pela Fundação Ulysses Guimarães, ligada ao PMDB, aposta que o Piauí vai mudar. "O Piauí está convencido de que vai mudar. Nós não vamos mais continuar na situação que estamos. O Piauí precisa tomar um novo rumo e vai mudar. Não vai aceitar isso que está sendo feito, acordos que estão sendo feitos e que colocam os interesses do Estado fora de qualquer perspectiva", critica.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247