CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Mais de 80 ônibus são depredados em Fortaleza

Em apenas dois dias, 86 ônibus foram depredados na capital cearense, conforme divulgou o Sindiônibus. Os responsáveis pelos ataques, que ocorreram na quarta (1) e quinta (2), ainda não foram identificados pela Polícia

Imagem Thumbnail
Em apenas dois dias, 86 ônibus foram depredados na capital cearense, conforme divulgou o Sindiônibus. Os responsáveis pelos ataques, que ocorreram na quarta (1) e quinta (2), ainda não foram identificados pela Polícia (Foto: Rodrigo Rocha)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Ceará 247 - Oitenta e seis ônibus foram depredados apenas nos últimos dois dias na capital cearense, de acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus). Os veículos foram avariados por tiros com bilas de aço e tiveram para-brisas, janelas, entradas de ar e portas danificadas. Os responsáveis pelos ataques, que ocorreram na quarta (1) e quinta (2), ainda não foram identificados pela Polícia.

Em nota oficial, a entidade repudiou os ataques e alertou para o risco à vida dos passageiros e trabalhadores do sistema de transporte. "Não podemos admitir ações dessa natureza, que ameaçam a integridade e a vida das pessoas, agridem ao patrimônio público e que acabam por prejudicar a população fortalezense, em especial a parcela que tem no transporte coletivo o seu principal ou único meio de deslocamento".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em seu site oficial, o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário (Sintro) também divulgou nota pedindo a imediata apuração dos fatos e informando que "os episódios não possuem qualquer relação com a luta de nossa categoria, tendo em vista que nossa entidade sindical não orienta processos de depredação e se encontra, neste momento, em atividades internas de organização do processo grevista e divulgação do resultado da assembleia dos trabalhadores".

Na última quarta (1), motoristas e cobradores de ônibus decretaram greve em assembleia da categoria. O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário (Sintro-Ce) pede reajuste salarial de 13%, R$ 13 no vale-alimentação e R$ 130 na cesta básica. A proposta do Sindiônibus é de 8,34% apenas no salário. A paralisação está prevista para começar na próxima terça (7). 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO