Maldonado venceu, mas quem arrancou foi Chávez

No dia em que, pela primeira vez na história, um piloto venezuelano venceu na Fórmula 1, o presidente Hugo Chávez pisou no acelerador; pesquisas eleitorais o apontam com 52% contra 34% do adversário Henrique Capriles; tratamento contra o câncer revigorou sua campanha

Maldonado venceu, mas quem arrancou foi Chávez
Maldonado venceu, mas quem arrancou foi Chávez (Foto: Edição/247)

247 – Neste domingo, a Venezuela está em festa. Pela primeira vez na história, um piloto nascido no país venceu uma corrida de Fórmula 1. Foi Pastor Maldonado, que triunfou na Espanha, deixando para trás o ídolo local, Fernando Alonso – Felipe Massa, para variar, foi a decepção de sempre.

No entanto, quem realmente está pisando no acelerador na Venezuela é o presidente Hugo Chávez. Uma pesquisa eleitoral divulgada neste domingo revela que Chávez tem 52% contra o candidato Henrique Capriles, que aparece com 34%.

Capriles tem o apoio de praticamente todos os jornais da Venezuela, mas o tratamento contra o câncer em Havana, capital cubana, tem revigorado a campanha de Chávez. Ontem, a BBC noticiou que o presidente venezuelano terminou com êxito seu tratamento.

Chávez tem se comunicado com a população venezuelana diretamente pelo Twitter, onde tem quase 3 milhões de seguidores. Mas o presidente venezuelano virou também piada e de orgulho no Twitter, ao mesmo tempo. Segundo os opositores de Chávez, o presidente, que retorna de Cuba neste domingo, irá associar a vitória de Maldonado ao fim do imperialismo e fará discurso de duas horas sobre a Revolução Bolivariana. Muitos tuiteiros, no entanto, expressaram orgulho pela Venezuela e apoio ao presidente Chavez, que está no poder desde 1998 e não dá sinais de que pretende sair tão cedo.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247