Manifestantes ocupam Rede Globo em Salvador

Desde as 7h um grupo de aproximadamente 60 pessoas ocupa o pátio da Rede Bahia (Globo); manifestantes são da 'Assembleia Popular pela Democratização dos Meios de Comunicação' e a movimentação faz parte do Dia Nacional de Lutas, que acontece em todo o país; grupo de comunicação que detém a TV Bahia é de propriedade da família Magalhães e atualmente é presidido pelo ex-senador ACM Junior, pai do prefeito ACM Neto (DEM)

Manifestantes ocupam Rede Globo em Salvador
Manifestantes ocupam Rede Globo em Salvador

Bahia 247

O movimento contra a Rede Globo, que surgiu no Rio de Janeiro e em São Paulo, chegou a Salvador nesta quinta-feira (11). Logo no início da manhã, por volta das 7h, um grupo de aproximadamente 60 pessoas ocupou o pátio da Rede Bahia (afiliada da Globo) e permanece no local até então.

Os manifestantes são da 'Assembleia Popular pela Democratização dos Meios de Comunicação' e a movimentação faz parte do Dia Nacional de Lutas, que acontece durante todo o dia de hoje em todo o país.

O ato é pacífico e os manifestantes tentam coletar assinaturas para a proposta de iniciativa popular de uma nova lei geral de comunicação. Segundo os manifestantes, o projeto trata da regulamentação da radiodifusão e pretende garantir mais pluralidade nos conteúdos, transparência nos processos de concessão e evitar os monopólios.

"Democratizar a comunicação no país é batalha fundamental de todos os lutadores e lutadoras do povo e se insere na disputa pelas reformas estruturais em nossa sociedade. Em torno das lutas fortaleceremos a construção de um Projeto Popular para a Bahia e o Brasil", afirmou o movimento em nota.

A Rede Bahia é de propriedade da família Magalhães e atualmente é presidida pelo ex-senador ACM Junior, pai do prefeito ACM Neto (DEM).

Dia Nacional de Lutas

As manifestações que integram o movimento nacional começaram cedo e com intensidade na capital baiana. Desde as 5h vários grupos de protestantes bloquearam pelo menos três trechos da BR-324 entre Salvador e Feira de Santana. Os rodoviários paralisaram a circulação de ônibus das 4h às 9h e várias categorias aderiram ao Dia Nacional de Lutas, tais como bancários, comerciários, policiais civis, médicos etc.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247