Manifestantes pedem renúncia de Temer em Salvador

Deputados federais baianos do PT se juntaram a manifestantes no Campo Grande, em Salvador, na tarde desta sexta-feira para pedir a renúncia de Michel Temer; "Estamos na rua e vamos continuar até Temer renunciar, porque o povo não pode mais de sujeitar a esse governo golpista, que não foi eleito e vem destruindo o Brasil", disse o deputado Robinson Almeida (PT); o ato foi organizado pela Frente Brasil Popular, com apoio de centrais sindicais, como CUT e CTB; segundo Aurino Pedreira, presidente do CTB na Bahia, o objetivo da manifestação foi "denunciar os malfeitos de Temer"

Deputados federais baianos do PT se juntaram a manifestantes no Campo Grande, em Salvador, na tarde desta sexta-feira para pedir a renúncia de Michel Temer; "Estamos na rua e vamos continuar até Temer renunciar, porque o povo não pode mais de sujeitar a esse governo golpista, que não foi eleito e vem destruindo o Brasil", disse o deputado Robinson Almeida (PT); o ato foi organizado pela Frente Brasil Popular, com apoio de centrais sindicais, como CUT e CTB; segundo Aurino Pedreira, presidente do CTB na Bahia, o objetivo da manifestação foi "denunciar os malfeitos de Temer"
Deputados federais baianos do PT se juntaram a manifestantes no Campo Grande, em Salvador, na tarde desta sexta-feira para pedir a renúncia de Michel Temer; "Estamos na rua e vamos continuar até Temer renunciar, porque o povo não pode mais de sujeitar a esse governo golpista, que não foi eleito e vem destruindo o Brasil", disse o deputado Robinson Almeida (PT); o ato foi organizado pela Frente Brasil Popular, com apoio de centrais sindicais, como CUT e CTB; segundo Aurino Pedreira, presidente do CTB na Bahia, o objetivo da manifestação foi "denunciar os malfeitos de Temer" (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Deputados federais baianos do PT se juntaram a manifestantes no Campo Grande, em Salvador, na tarde desta sexta-feira para pedir a renúncia de Michel Temer, que é acusado de obstruir a Justiça por comandar uma operação para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha na Operação Lava Jato.

"Estamos na rua e vamos continuar até Temer renunciar, porque o povo não pode mais de sujeitar a esse governo golpista, que não foi eleito e vem destruindo o Brasil", disse o deputado Robinson Almeida no vídeo acima.

O ato foi organizado pela Frente Brasil Popular, com apoio de centrais sindicais, como Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

Segundo Aurino Pedreira, presidente do CTB na Bahia, o objetivo da manifestação foi denunciar os malfeitos de Temer. "Hoje, estanos mobilizados por conta de três pontos: contra as reformas trabalhista e da previdência, contra Temer e a favor das diretas já. Esse presidente não tem condições de governar esse país. Queremos que esse governo caia e, para isso, vamos continuar nas ruas", disse Aurino.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247