Marcelo fala em "perdão" e prega governo eficiente

Justiça Eleitoral diplomou nesta sexta-feira, 19, o governador Marcelo Miranda (PMDB) e outros 60 candidatos eleitos nas eleições de outubro; em discurso, Marcelo agradeceu o "resgate de sua dignidade política" e disse que irá perdoar os seus algozes; “Suportamos historicamente o que é do conhecimento pleno do nosso povo. Meu coração não guarda mágoas", afirmou; em entrevista, Marcelo não poupou críticas à gestão do governador Sandoval Cardoso (SD); "Tenho certeza que essas ações e promoções terão que ser revistas. Não era hora para deixar a população preocupada", afirmou; diplomado governador pela terceira vez, Marcelo Miranda promete forte choque de gestão

Justiça Eleitoral diplomou nesta sexta-feira, 19, o governador Marcelo Miranda (PMDB) e outros 60 candidatos eleitos nas eleições de outubro; em discurso, Marcelo agradeceu o "resgate de sua dignidade política" e disse que irá perdoar os seus algozes; “Suportamos historicamente o que é do conhecimento pleno do nosso povo. Meu coração não guarda mágoas", afirmou; em entrevista, Marcelo não poupou críticas à gestão do governador Sandoval Cardoso (SD); "Tenho certeza que essas ações e promoções terão que ser revistas. Não era hora para deixar a população preocupada", afirmou; diplomado governador pela terceira vez, Marcelo Miranda promete forte choque de gestão
Justiça Eleitoral diplomou nesta sexta-feira, 19, o governador Marcelo Miranda (PMDB) e outros 60 candidatos eleitos nas eleições de outubro; em discurso, Marcelo agradeceu o "resgate de sua dignidade política" e disse que irá perdoar os seus algozes; “Suportamos historicamente o que é do conhecimento pleno do nosso povo. Meu coração não guarda mágoas", afirmou; em entrevista, Marcelo não poupou críticas à gestão do governador Sandoval Cardoso (SD); "Tenho certeza que essas ações e promoções terão que ser revistas. Não era hora para deixar a população preocupada", afirmou; diplomado governador pela terceira vez, Marcelo Miranda promete forte choque de gestão (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 – O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Tocantins realizou nesta sexta-feira, 19, a diplomação dos candidatos eleitos nas eleições de outubro. Ao todo foram diplomados 61 candidatos eleitos, entre governador, vice-governador, senador, deputados federais e suplentes e deputados estaduais e suplentes.

Em discurso, o governador eleito Marcelo Miranda (PMDB) elogiou a atuação da Justiça Eleitoral, “por respaldar a vontade do povo”. Em referência indireta aos adversários, entre eles o deputado estadual eleito Eduardo Siqueira Campos (PTB), sentado à sua frente, Marcelo Miranda disse que não quer lembrar do “sofrimento e das angústias”.

“Suportamos historicamente o que é do conhecimento pleno do nosso povo. Me agrada perdoar meus algozes. Meu coração não guarda mágoas. Sempre procurei me inspirar em nomes humanistas, como Gandhi, Martin Luther King e Nelson Mandela”, discursou.

Num tom conciliador, o governador eleito do PMDB propôs um governo de união suprapartidária. “Como governador deste estado, convoco a todos para a grande luta em favor do desenvolvimento e equilíbrio econômico. Proponho deixarmos de lado as diferenças e de mãos dadas cuidar dos destinos do nosso estado”, afirmou.

Crise na Saúde

Já em entrevista coletiva após a solenidade, Marcelo Miranda falou sobre a crise na Saúde. "Queria entrar dia 1º com a questão da Saúde resolvida. Mas quero tranquilizar a população tocantinense de que a Saúde será prioritária. O secretário de Saúde, que já foi escolhido [Samuel Bonilha], terá uma responsabilidade muito grande e tenho certeza de que a população vai saber reconhecer o trabalho", afirmou. 

O governador falou também sobre as promoções dos policiais militares e outros benefícios a servidores públicos, realizadas pelo governador Sandoval Cardoso (SD), que estão inchando ainda mais os gastos com pessoal. "Eu acredito que não era a hora para deixar a população e o próximo governador preocupados", afirmou.

Miranda também rebateu as críticas de Sandoval Cardoso sobre a divulgação da dívida de R$ 4 bilhões do governo. "Ontem [quinta-feira, 18] quem acompanhou a reunião final da Comissão de Transição viu os números. E não foi o Marcelo Miranda e sua equipe, foi a equipe do governo atual que divulgou o dados. Eu tenho certeza que essas ações e promoções terão que ser revistas. É inadmissível que depois da eleição acontecer o que está acontecendo. A assessoria jurídica do atual governo deve ter alertado sobre essas imprudências", afirmou. 

Cerimônia

No início da sessão, a presidente do TRE, desembargadora Jacqueline Adorno, destacou o sucesso da execução das Eleições 2014. “Ao cidadão fio proporcionado de forma segura e tranquila o seu direito de decidir quem governa. Foi um privilegio poder contribuir com tão grandioso evento democrático”, afirmou. 

Junto com a desembargadora Jacqueline Adorno, compuseram a mesa a presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Ângela Prudente, o desembargador Marco Antony Villas Boas, o juiz Zacarias Leonardo, os senadores Kátia Abreu (PMDB), Ataídes de Oliveira (PSDB) e Vicentinho Alves (SD), o procurador eleitoral Álvaro Manzano, o presidente da Assembleia Legislativa, Osires Damaso (DEM), a juíza federal Denise Drumond.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247