Márcio França deixa de pagar até R$ 1 bilhão a fornecedores

O governador de São Paulo, Márcio França (PSB), suspendeu pagamentos de dívidas com fornecedores do estado nos anos anteriores a 2018; o decreto, jamais editado na história do governo estadual, foi publicado no Diário Oficial de 22 de junho

Márcio França deixa de pagar até R$ 1 bilhão a fornecedores
Márcio França deixa de pagar até R$ 1 bilhão a fornecedores (Foto: Governo do Estado de São Paulo)

247 - O governador de São Paulo, Márcio França (PSB), suspendeu pagamentos de dívidas com fornecedores do estado nos anos anteriores a 2018. O decreto, jamais editado na história do governo estadual, foi publicado no Diário Oficial de 22 de junho. 

“O pessebista suspendeu a transferência de recursos para contratos em aberto, mesmo de obras e serviços entregues. Ficam de fora da nova regra verbas comprometidas para saúde, educação e na Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). 

O estado tinha R$ 3 bilhões de restos a pagar —como são chamadas despesas que viram o ano fiscal—, segundo relatório mais recente de execução orçamentária da Secretaria da Fazenda, de abril. A medida afeta fornecedores que já concluíram serviços ou obras orçados em anos anteriores e que, por alguma razão, não foram quitados pelo governo. Para receber, esses credores, agora, precisarão recorrer à Justiça.”

Leia mais aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247