CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Marco Polo Del Nero se reúne com clubes na CBF

Em quatro horas e meia de reunião, todos os representantes tiveram direito à participação ativa, com perguntas, comentários e sugestões Os principais temas abordados foram o atual momento do futebol, a necessidade de alterações no texto da Medida Provisória 671 e as mudanças no estatuto da entidade

Imagem Thumbnail
Em quatro horas e meia de reunião, todos os representantes tiveram direito à participação ativa, com perguntas, comentários e sugestões Os principais temas abordados foram o atual momento do futebol, a necessidade de alterações no texto da Medida Provisória 671 e as mudanças no estatuto da entidade (Foto: Luis Mauro Queiroz)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

CBF - O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, recebeu os clubes do Brasileirão - Série A na sede da entidade, nesta segunda-feira. Em quatro horas e meia de reunião, todos os representantes tiveram direito à participação ativa, com perguntas, comentários e sugestões. Os principais temas abordados foram o atual momento do futebol, a necessidade de alterações no texto da Medida Provisória 671 e as mudanças no estatuto da entidade.

Entre presidentes e outros representantes de 18 clubes e diretores da CBF, 39 pessoas estiveram na Sala das Federações, no 4º andar do prédio, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Marco Polo fez a abertura, falou sobre as melhorias na área de gestão que estão em andamento e abriu espaço para o debate com assuntos trazidos pelos próprios dirigentes.

Del Nero destacou algumas propostas de mudanças no Estatuto da CBF: mandato de quatro anos, com possibilidade de uma reeleição; inclusão das normas para licenciamento de clubes e de um código de ética; e criação do Conselho de Governança, Riscos e Conformidade.

O grupo saiu da reunião com quatro decisões fundamentais:

1) Reforçar a unidade em torno do futebol brasileiro, reconhecendo a necessidade de modernização e independência;

2) Criação da Comissão Nacional Permanente dos Clubes Brasileiros, com fortalecimento e autonomia do Conselho Técnico, que poderá tomar decisões sem direito a veto da CBF;

3) Posição contrária ao relatório sobre a MP 671 apresentado pelo deputado federal Otávio Leite, com apresentação de proposta alternativa;

4) Divulgação massiva das medidas transformadoras do futebol brasileiro em andamento, com agenda positiva das ações;

5) Abertura da CBF aos clubes para apresentação de novas mudanças estatutárias.

Marcaram presença os presidentes de Atlético Mineiro, Atlético Paranaense, Avaí, Chapecoense, Coritiba, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Goiás, Grêmio, Palmeiras, Santos, São Paulo, Sport e Vasco. Figueirense, Joinville e Ponte Preta foram representados por diretor, advogado e vice-presidente, respectivamente.

Além de Marco Polo Del Nero, a CBF estava à mesa com o secretário Geral, Walter Feldman; o diretor Financeiro, Rogério Caboclo; o diretor de Competições, Manoel Flores; e o advogado Álvaro Melo Filho.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO