Marconi diz que disputa entre Alckmin e Doria não afeta o PSDB

O governador Marconi Perillo (PSDB) participou de um fórum sobre o agronegócio na quinta-feira, em São Paulo, e disse que a disputa entre o governador Geraldo Alckmin e o prefeito João Doria pela candidatura presidencial não prejudica o partido; "Qual é o partido que tem uma discussão como essa no país?"; o goiano diz não haver riscos de divisão; "Nós vamos ter um só candidato"

O governador Marconi Perillo (PSDB) participou de um fórum sobre o agronegócio na quinta-feira, em São Paulo, e disse que a disputa entre o governador Geraldo Alckmin e o prefeito João Doria pela candidatura presidencial não prejudica o partido; "Qual é o partido que tem uma discussão como essa no país?"; o goiano diz não haver riscos de divisão; "Nós vamos ter um só candidato"
O governador Marconi Perillo (PSDB) participou de um fórum sobre o agronegócio na quinta-feira, em São Paulo, e disse que a disputa entre o governador Geraldo Alckmin e o prefeito João Doria pela candidatura presidencial não prejudica o partido; "Qual é o partido que tem uma discussão como essa no país?"; o goiano diz não haver riscos de divisão; "Nós vamos ter um só candidato" (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - O governador Marconi Perillo (PSDB) participou de um fórum sobre o agronegócio na quinta-feira, em São Paulo, e disse que a disputa entre o governador Geraldo Alckmin e o prefeito João Doria pela candidatura presidencial não prejudica o partido.

"Qual é o partido que tem uma discussão como essa no país?", disse à Folha de S.Paulo. O goiano diz não haver riscos de divisão. "Nós vamos ter um só candidato".

Sobre a permanência ou saída do PSDB na base do governo de Michel Temer, Marconi comentou o que já havia afirmado dias antes. A saída será "natural", conforme os ministros investem em suas candidaturas em 2018. "Não haverá de parte do PSDB interesse em indicar novos ministérios", acrescentou.

 

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247