Marconi: “Doar sangue é poder salvar vidas”

Para incentivar a doação de sangue no Estado, o governador Marconi Perillo visitou na manhã desta sexta-feira o Hemocentro de Goiás e, após uma triagem médica, doou 410 mililitros de sangue para o estoque da unidade; Marconi lembrou que o gesto de solidariedade também marca o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, celebrado hoje, dia 25, em todo País: "Doar sangue é doar vida. Espero que este ato sirva de exemplo. É um dos maiores atos de ajuda ao próximo"

Para incentivar a doação de sangue no Estado, o governador Marconi Perillo visitou na manhã desta sexta-feira o Hemocentro de Goiás e, após uma triagem médica, doou 410 mililitros de sangue para o estoque da unidade; Marconi lembrou que o gesto de solidariedade também marca o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, celebrado hoje, dia 25, em todo País: "Doar sangue é doar vida. Espero que este ato sirva de exemplo. É um dos maiores atos de ajuda ao próximo"
Para incentivar a doação de sangue no Estado, o governador Marconi Perillo visitou na manhã desta sexta-feira o Hemocentro de Goiás e, após uma triagem médica, doou 410 mililitros de sangue para o estoque da unidade; Marconi lembrou que o gesto de solidariedade também marca o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, celebrado hoje, dia 25, em todo País: "Doar sangue é doar vida. Espero que este ato sirva de exemplo. É um dos maiores atos de ajuda ao próximo" (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - Para incentivar a doação de sangue no Estado, o governador Marconi Perillo visitou na manhã desta sexta-feira o Hemocentro de Goiás e, após uma triagem médica, se credenciou a doar 410 mililitros (ml) para o estoque da unidade de saúde. Em tom descontraído, ele lembrou que o gesto de solidariedade também marca o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, celebrado hoje, dia 25, em todo País: "É rápido, simples e indolor. Se todos tomarem essa ação, vamos salvar vidas. Procurarei fazer isso mais vezes".

A retirada do sangue do governador durou 9 minutos. Todo o procedimento, meia hora. Ao chegar à unidade, Marconi passou pelo cadastro, pré-triagem, onde foram averiguados peso, pressão arterial, altura, batimentos cardíacos. Depois passou pela triagem clínica, onde respondeu a um questionário sobre hábitos pessoais. Habilitado, partiu para a doação. "Doar sangue é doar vida. Espero que este ato sirva de exemplo. É um dos maiores atos de ajuda ao próximo", destacou.

Após a doação, Marconi tomou um café e mais uma vez voltou a destacar a importância da conscientização do ato nesta Semana Nacional do Doador, cuja abertura foi realizada na última segunda-feira, dia 21, no Palácio das Esmeraldas. “É extremamente importante ter a consciência deste ato”, afirmou. Ele ainda conheceu a unidade móvel do Hemocentro e entregou o certificado de “Amigo da Saúde”, concedido pela Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), a doadores de sangue.

O sangue de todos os doadores do Hemocentro é fracionado em plaquetas, plasma e hemácias. O estoque da unidade é destinado para hospitais públicos e privados de todo o Estado e usado, por exemplo, por pacientes em procedimentos cirúrgicos ou que são portadores de doença grave. O Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) é responsável hoje pelo consumo de 30℅ do estoque do Hemocentro.

Neste sábado, das 9 às 14 horas, o Hospital Geral de Goiânia Dr. Alberto Rassi (HGG-AR) estará preparado para receber os doadores de sangue, que poderão, além de praticar um ato de solidariedade, curtir a banda de rock clássico Balaclava e admirar as centenas de motos que serão exibidas no estacionamento. O evento contará com o apoio de mais de 20 motoclubes de Goiás.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247