Marconi: "Goiás está virando a página da crise"

Governador tucano de Goiás faz avaliação dos resultados do ajuste fiscal que reduziu a 10 o número de secretarias e promoveu o corte de 5 mil comissionados e afirmou que medidas de redução de gastos farão Goiás sair primeiro da crise; Marconi afirmou ainda que os anos de 2017 e 2018 serão de "bonança", com novas conclusões e entregas de obras em todo o Estado; "Goiás fez o dever de casa. Adotamos todas as medidas necessárias para fazer um ajuste fiscal vigoroso, que garantisse o pagamento das obrigações do Estado. Goiás está virando a página da crise e será o primeiro Estado a sair definitivamente dela"

Governador tucano de Goiás faz avaliação dos resultados do ajuste fiscal que reduziu a 10 o número de secretarias e promoveu o corte de 5 mil comissionados e afirmou que medidas de redução de gastos farão Goiás sair primeiro da crise; Marconi afirmou ainda que os anos de 2017 e 2018 serão de "bonança", com novas conclusões e entregas de obras em todo o Estado; "Goiás fez o dever de casa. Adotamos todas as medidas necessárias para fazer um ajuste fiscal vigoroso, que garantisse o pagamento das obrigações do Estado. Goiás está virando a página da crise e será o primeiro Estado a sair definitivamente dela"
Governador tucano de Goiás faz avaliação dos resultados do ajuste fiscal que reduziu a 10 o número de secretarias e promoveu o corte de 5 mil comissionados e afirmou que medidas de redução de gastos farão Goiás sair primeiro da crise; Marconi afirmou ainda que os anos de 2017 e 2018 serão de "bonança", com novas conclusões e entregas de obras em todo o Estado; "Goiás fez o dever de casa. Adotamos todas as medidas necessárias para fazer um ajuste fiscal vigoroso, que garantisse o pagamento das obrigações do Estado. Goiás está virando a página da crise e será o primeiro Estado a sair definitivamente dela" (Foto: Realle Palazzo-Martini)

247 – Na intensa agenda administrativa para entrega e anúncio de obras e benefícios que fez na última sexta-feira pelo interior de Goiás, o governador Marconi Perillo afirmou que as medidas de ajuste fiscal adotadas a partir do final de 2014 surtiram o efeito esperado e já estão tirando o Estado da crise econômica nacional que reduziu a arrecadação. Nas atividades em Vianópolis, Goianésia, Trindade e Abadiânia, Marconi disse que "Goiás está virando a página crise" e que os anos de 2017 e 2018, que correspondem à segunda metade de seu quarto mandato, serão de bonança.

"Goiás fez o dever de casa. Adotamos todas as medidas necessárias para fazer um ajuste fiscal vigoroso, que garantisse o pagamento das obrigações do Estado. Goiás está virando a página da crise e será o primeiro Estado a sair definitivamente dela", disse o governador em Vianópolis. Marconi citou os esforços da equipe econômica para garantir o pagamento da folha de pessoal rigorosamente em dia, manter os programas sociais e as obrigações com Saúde, Educação e Segurança Pública em ordem e prosseguir com os investimentos.

Na quinta-feira, o governador abriu o Centro de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeq) de Aparecida de Goiânia, o primeiro dos cinco em construção a entrar em operação. O Governo de Goiás, através da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), está promovendo obras de manutenção e conserva em toda a malha rodoviária estadual. A Agetop também conclui as obras do Estádio Olímpico, que integra o Centro de Excelência do Esporte, com abertura marcada para o final de julho. No mês passado, o governo estadual também apresentou o novo Renda Cidadã. Na habitação, o programa de entrega de moradias prossegue normalmente.

Trindade

Tradicionalmente como faz todos os anos, desde que tomou posse para o primeiro mandato, em 1999, Marconi abriu na sexta-feia o Centro de Apoio ao Romeiro, principal base de apoio aos peregrinos da Romaria do Divino Pai Eterno, em Trindade. Coordenado pela Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), o espaço coberto, situado na GO-060, km 9,5, distribui gratuitamente aos romeiros chá, café, suco, pão e leite, além de contar com o posto para atendimento médico, banheiros químicos e altar para orações.  A romaria teve início ontem e vai até o dia 4 de julho.

No final da tarde, ainda em Trindade, o governador participou, ao lado do prefeito, Jânio Darrot, da entrega de parque ambiental, no setor Ana Rosa, em homenagem à mãe dele, Maria Pires Perillo, que morreu em julho de 2012. Dotado de completa infraestrutura para lazer e ensino ambiental, o parque conta com pista de cooper de 1.040 metros, um lago, espaços para palestras e aulas, além de abrigar plantas típicas do Cerrado. No local foi construído um memorial em homenagem à mãe do governador.

Durante a solenidade, Marconi leu aos presentes uma biografia que redigiu de próprio punho contando a trajetória de vida da mãe, de quem o governador diz ter herdado boa parte dos traços de sua personalidade e encerrou o discurso citando versos da poetisa goiana Cora Coralina. Também foi entregue oficialmente pelo governador a pavimentação de 27 mil metros quadrados do bairro Ana Rosa, onde está localizado o parque ambiental, com investimento total de R$ 500 mil.

Vianópolos

O governador iniciou o giro no interior por Vianópolis, onde entregou R$ 20 milhões em benefícios, dos quais R$ 17 milhões para a rede e estação de tratamento de esgoto. Durante seu discurso, falou sobre a importância de obras que dão qualidade de vida ao cidadão e que o governante não deve realizar ações pensando apenas em votos.

Oitenta e duas famílias de Vianópolis receberam Cheques Mais Moradia, modalidade reforma. O benefício vai ajudar famílias que vivem em condições precárias. Criado na primeira administração de Marconi Perillo, ganhou destaque nesta semana após o governo federal anunciar que vai aplicar o modelo da experiência goiana em programa habitacional de âmbito nacional.

Além da entrega dos cheques, Marconi inaugurou também a iluminação e a reurbanização da GO-010;  as Praças Fernanda de Souza Araújo e João Venâncio; o Conselho Tutelar; a construção de asfalto no Bairro Michelle e Setor Manoel Gouveia e a reconstrução do cemitério São Francisco de Assis.

"Sou muito grato a Vianópolis pelo apoio. E venho aqui fundamentalmente porque vocês elegeram um líder, uma revelação política que é Issy Quinan. Ele busca com unhas e dentes benefícios para a cidade. Ele vai atrás e resolve", enalteceu Marconi ao falar do trabalho do prefeito local. Disse ainda que, nos próximos dois anos, seu mandato será de obra, serviços e benefícios aos goianos.

Presente na solenidade, o vice-governador José Eliton também parabenizou o trabalho do prefeito Issy Quinan: "Um dos melhores prefeitos que temos em Goiás”. Eliton destacou a coragem de Marconi em enfrentar e resolver os problemas de Goiás e repetiu o que Marconi tem dito constantemente: "Seremos o primeiro Estado a sair da crise econômica e financeira".

Roberto Balestra ressaltou o trabalho de Issy na cidade como um exemplo às demais cidades goianas: "Um exemplo de gestão e de organização". Issy agradeceu a Marconi por ter sido o governador que mais atendeu as necessidades do povo vianopolino. "Não há nada mais preciso para dimensionar o que eu sinto nesta manhã de sexta-feira que a palavra gratidão ao senhor, ao vice-governador José Eliton e toda a sua equipe de governo", enelteceu.

Goianéisa

Em Goianésia, acompanhado pelo prefeito Jales Fontoura, Marconi entregou 500 Cheques Mais Moradia – modalidade Construção a famílias do município. A primeira parcela do cheque, entregue hoje, demandou, no total, investimento de R$2,5 milhões do governo estadual. Ao todo, as famílias beneficiadas receberão quatro parcelas do cheque, no valor de R$5 mil cada. O investimento final será de R$10 milhões.

Marconi afirmou que o Cheque Mais Moradia é um dos programas mais humanitários do país, e que tem enorme orgulho de tê-lo lançado no seu primeiro governo, em 2000, e já ter conseguido beneficiar 300 mil famílias até hoje. “As cerimônias de entrega de Cheques Mais Moradia são carregadas de humanismo. É um momento em que sempre me emociono porque podemos auxiliar pessoas que precisam tanto do serviço público a edificarem seus lares”, declarou.

Em agosto, o Governo Estadual entregará à população de Goianésia mais 500 Cheques Mais Moradia – modalidade Construção. O ministro das Cidades, Bruno Araújo, que trabalha a implantação de um modelo federal para o programa, confirmou presença no evento. Marconi endossou que sente também muito orgulho dos programas sociais criados em suas gestões, como a Bolsa Universitária, que já atendeu a 170 mil pessoas, e o Renda Cidadã, que inspirou a criação do Bolsa Família, do governo federal.

Ao discursar para centenas de famílias, Marconi anunciou a retoma das obras do Credeq de Goianésia e do Ambulatório Médico de Especialidades (AME), que terá 21 especialidades. “Goianésia receberá o primeiro AME do Estado, e o Credeq daqui terá padrão de excelência como o que inauguramos em Aparecida de Goiânia”, afirmou.

O prefeito Jales agradeceu ao governador pela entrega e anúncio de importantíssimos benefícios para a população. Ele citou parcerias referentes a saneamento básico, a construção e recuperação de estradas adjacentes ao município, e disse que Marconi demonstrava ainda mais afeto pela população ao realizar o evento no dia em que Goianésia completa 63 anos de emancipação política.

O governador participou, também, da inauguração do primeiro curso de graduação tecnológica em construção de edifícios no Itego Governador Otávio Lage de Siqueira. Ele destacou que o setor da construção civil é amplo na cidade, mas demanda cada vez mais profissionais qualificados. “Por isso nos empenhamos para oferecermos esse curso de graduação”, explicou. O Itego tem, hoje, três mil alunos.

Acompanharam o governador os secretários Thiago Peixoto, Vilmar Rocha, e o presidente da Assembleia Legislativa, Hélio de Souza.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247