Marconi para Lula: “Brasil precisa de líder e não de incendiários”

O governador Marconi Perillo afirma, na edição desta segunda-feira do jornal Folha de S.Paulo, que "o Brasil precisa de paz e não de incendiários", em referência a declarações feitas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em viagem ao Nordeste, na semana passada; "O coração de Lula está cheio de ódio, e isso só leva à intolerância e à amnésia. O que precisamos, mais do que nunca, é trabalhar muito pela retomada do crescimento do Brasil", afirma o governador

O governador Marconi Perillo afirma, na edição desta segunda-feira do jornal Folha de S.Paulo, que "o Brasil precisa de paz e não de incendiários", em referência a declarações feitas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em viagem ao Nordeste, na semana passada; "O coração de Lula está cheio de ódio, e isso só leva à intolerância e à amnésia. O que precisamos, mais do que nunca, é trabalhar muito pela retomada do crescimento do Brasil", afirma o governador
O governador Marconi Perillo afirma, na edição desta segunda-feira do jornal Folha de S.Paulo, que "o Brasil precisa de paz e não de incendiários", em referência a declarações feitas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em viagem ao Nordeste, na semana passada; "O coração de Lula está cheio de ódio, e isso só leva à intolerância e à amnésia. O que precisamos, mais do que nunca, é trabalhar muito pela retomada do crescimento do Brasil", afirma o governador (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O governador Marconi Perillo afirma, na edição desta segunda-feira do jornal Folha de S.Paulo, que "o Brasil precisa de paz e não de incendiários", em referência a declarações feitas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em viagem ao Nordeste, na semana passada. "O coração de Lula está cheio de ódio, e isso só leva à intolerância e à amnésia. O que precisamos, mais do que nunca, é trabalhar muito pela retomada do crescimento do Brasil", afirma o governador.

As declarações de Marconi foram publicadas pela Folha no Painel do Leitor. Na mensagem, o governador afirma que, em seus quatro mandatos à frente do Palácio das Esmeraldas, se pautou sempre pelos princípios da parceria e da cooperação, conduta que manteve durante as gestões do presidente Lula ao sugerir, com sucesso, o uso do cartão magnético para o pagamento da Bolsa Família, a exemplo do que fizera em Goiás com a Renda Cidadã. Citou ainda que a Bolsa Universitária foi usada como referência para a criação do ProUni.

"Em 2003, sugeri, com sucesso, a adoção do cartão magnético pelo Bolsa Família, a exemplo do que fizemos em Goiás com a Renda Cidadã. A nossa Bolsa Universitária serviu de referência para a criação do ProUni", afirma o governador. "O Brasil precisa de paz e não de incendiários. Como governador, sempre procurei fazer gestões colaborativas", disse Marconi, na mensagem.

Leia íntegra da carta do governador Marconi Perillo publicada pela Folha:
"O Brasil precisa de paz e não de incendiários. Como governador, sempre procurei fazer gestões colaborativas. Em 2003, sugeri, com sucesso, a adoção do cartão magnético pelo Bolsa Família, a exemplo do que fizemos em Goiás com a Renda Cidadã. A nossa Bolsa Universitária serviu de referência para a criação do ProUni. O coração de Lula está cheio de ódio, e isso só leva à intolerância e à amnésia. O que precisamos, mais do que nunca, é trabalhar muito pela retomada do crescimento do Brasil."

Ao vivo na TV 247 Youtube 247