Marcos Valério pega mais 4 anos por sonegação

Condenado a mais de 40 anos de prisão pelo Supremo, publicitário foi sentenciado a mais quatro de anos de prisão pela Justiça de Minas Gerais; motivo é sonegação fiscal de "vultuosa quantia" à Receita Federal, entre 2001 e 2002; mulher dele, Renilda Santiago foi absolvida

Marcos Valério pega mais 4 anos por sonegação
Marcos Valério pega mais 4 anos por sonegação
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O inferno astral do publicitário Marcos Valério não tem mesmo hora para terminar. Depois de ser condenado a mais de 40 anos de prisão pelo Supremo Tribunal Federal, pelos crime de corrupção ativa, desvio de dinheiro público e formação de quadrilha, ele acaba de ser condenado a mais quatro anos de prisão. Desta vez, pela Justiça de Minas Gerais, por crime contra a ordem tributária.

Entre 2001 e 2002, ele sonegou uma "vultosa quantia" à Receita Federal. Além de Valério, sua mulher Renilda Santiago também foi acusada pelo Ministério Público Federal (MPF) por omitir ou prestar informações falsas ao fisco em declaração conjunta relativa aos anos de 2001 e 2002. O casal fez uma retificação das declarações em 2005, mas, segundo apurado em processo administrativo da Receita, persistiram "os mesmos erros e vícios" da declaração original.

Valério e Renilda foram denunciados juntos, mas a juíza Camila Franco e Silva Velano, da 4ª Vara da Justiça Federal em Belo Horizonte, absolveu Renilda com base na teoria do domínio do fato. Para a magistrada, apesar de serem declarações conjuntas, as provas no processo indicaram que "o contribuinte declarante sempre foi Marcos Valério Fernandes De Souza", que era quem tinha o "domínio da conduta, ou seja, o comando final da ação". Valério ainda pode recorrer da decisão e o MPF informou que ainda avalia se entrará com recurso contra a absolvição de Renilda.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247