Marcus Pestana ao 247: "Queremos Serra no PSDB"

Presidente do diretório mineiro do partido, deputado federal diz que "não tem a menor procedência" a tese de que o dirigente nacional da sigla, Aécio Neves, gostaria de ver o ex-governador de São Paulo fora da legenda, a fim de abrir caminho para sua candidatura; "Queremos Serra no PSDB, participando da construção de um projeto vitorioso que encerre o ciclo do PT no poder", disse Pestana, pelo Twitter; questionado sobre a possibilidade de prévias, deputado respondeu que "discussão não está na mesa, porque não é o momento"

Presidente do diretório mineiro do partido, deputado federal diz que "não tem a menor procedência" a tese de que o dirigente nacional da sigla, Aécio Neves, gostaria de ver o ex-governador de São Paulo fora da legenda, a fim de abrir caminho para sua candidatura; "Queremos Serra no PSDB, participando da construção de um projeto vitorioso que encerre o ciclo do PT no poder", disse Pestana, pelo Twitter; questionado sobre a possibilidade de prévias, deputado respondeu que "discussão não está na mesa, porque não é o momento"
Presidente do diretório mineiro do partido, deputado federal diz que "não tem a menor procedência" a tese de que o dirigente nacional da sigla, Aécio Neves, gostaria de ver o ex-governador de São Paulo fora da legenda, a fim de abrir caminho para sua candidatura; "Queremos Serra no PSDB, participando da construção de um projeto vitorioso que encerre o ciclo do PT no poder", disse Pestana, pelo Twitter; questionado sobre a possibilidade de prévias, deputado respondeu que "discussão não está na mesa, porque não é o momento" (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 – O PSDB quer José Serra no partido, diz o deputado federal Marcus Pestana, presidente do diretório mineiro da legenda. Pelo Twitter, o parlamentar rebateu neste domingo a tese de que o dirigente nacional da sigla, o senador Aécio Neves, quer ver o ex-governador de São Paulo fora do ninho tucano, a fim de abrir caminho para sua candidatura. "Não tem a menor procedência. Queremos Serra no PSDB, participando da construção de um projeto vitorioso que encerre o ciclo do PT no poder", afirmou Pestana ao 247.

Segundo nota publicada na coluna de Ilimar Franco, do jornal O Globo, tanto Aécio quanto a presidente Dilma Rousseff teriam interesse em ver Serra fora do PSDB. O primeiro para ver livre o caminho de sua candidatura – uma vez que o tucano paulista também quer se lançar à presidência e voltou a falar em prévias no partido na última semana – e Dilma para enfraquecer o projeto político de Aécio. De acordo com Ilimar Franco, alguns petistas veem até mesmo a possibilidade de Serra apoiar a presidente num eventual segundo turno.

Questionado pelo 247, no entanto, se o processo de prévias é viável no partido, Marcus Pestana declarou que a discussão "não está na mesa", pois este ainda é um momento para conquistar novas filiações, e depois definir a candidatura para 2014. "A discussão não está na mesa porque não é o momento, agora é hora de filiarmos novas pessoas visando 2014. Depois discutiremos candidaturas", disse o deputado federal.

Numa entrevista concedida ao portal em março desse ano, o parlamentar declarou que as prévias só seriam viáveis se houvesse alguém com representatividade no partido. "Não pode vir qualquer um", declarou. Ainda sobre a disputa de 2014, Pestana afirmou neste domingo não acreditar que Dilma vença no primeiro turno. "Creio que Dilma não recuperará a posição de franca favorita para ganhar no 1º turno, mas ainda é forte. Depende da economia e das ruas", disse o dirigente tucano.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email