Maria da Penha ministra palestra sobre direitos da mulher em Sobral

A cearense Maria da Penha, que fez de sua tragédia pessoal uma bandeira de luta pelos direitos da mulher, ministra palestra no dia 18 de agosto, em Sobral, em comemoração aos nove anos da Lei que leva seu nome. O evento é gratuito e também será transmitido ao vivo pela Internet

A cearense Maria da Penha, que fez de sua tragédia pessoal uma bandeira de luta pelos direitos da mulher, ministra palestra no dia 18 de agosto, em Sobral, em comemoração aos nove anos da Lei que leva seu nome. O evento é gratuito e também será transmitido ao vivo pela Internet
A cearense Maria da Penha, que fez de sua tragédia pessoal uma bandeira de luta pelos direitos da mulher, ministra palestra no dia 18 de agosto, em Sobral, em comemoração aos nove anos da Lei que leva seu nome. O evento é gratuito e também será transmitido ao vivo pela Internet (Foto: Rodrigo Rocha)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - Em comemoração aos nove anos da Lei Maria da Penha, o Centro de Educação a Distância do Estado do Ceará (CED), na cidade de Sobral, órgão da Secretaria Estadual de Educação (SEDUC) do Governo do Estado do Ceará, promoverá a palestra "Maria da Penha uma história de vida – Da mulher à lei”,  no dia 18 de agosto, às 18h, proferida por Maria da Penha, cearense que fez de sua tragédia pessoal uma bandeira de luta pelos direitos da mulher.

O evento será gratuito e faz parte das atividades do Curso de Aperfeiçoamento de Educação em Direitos Humanos em EaD do CED/SEDUC. Na ocasião, o Instituto Maria da Penha realizará a palestra 'Enfrentamento à violência Doméstica e Familiar contra a Mulher', abordando os seguintes temas: como romper o ciclo da violência; Lei Maria da Penha e rede de equipamentos disponíveis para o atendimento à mulher em situação de violência.

Para participar, acesse http://www.ced.seduc.ce.gov.br. O evento também será transmitido ao vivo pela internet no Canal do CED: https://www.youtube.com/user/cedceara.

(Com informações do Governo do Estado)

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email