Maria do Rosário exige do general Mourão respeito com mães e avós

"'Casa só com mãe e avó é fábrica de desajustados', diz Mourão vice do ódio. Ele se refere a 40% dos lares brasileiros! Milhões de famílias são de desajustados? Não! Gratidão pelo bem q fazem Mães e Avós! Respeito com elas! Desajustada é essa dupla: #EleNão e o vice #EleJamais", afirmou a deputada do PT-RS

Maria do Rosário exige do general Mourão respeito com mães e avós
Maria do Rosário exige do general Mourão respeito com mães e avós (Foto: Esq.: Lúcio Bernardo Jr. - Câmara / Dir.: ABR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio Grande do Sul 247 - A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) repudiou a declaração do general Hamilton Mourão (PRTB), vice do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

"'Casa só com mãe e avó é fábrica de desajustados', diz Mourão vice do ódio. Ele se refere a 40% dos lares brasileiros! Milhões de famílias são de desajustados? Não! Gratidão pelo bem q fazem Mães e Avós! Respeito com elas! Desajustada é essa dupla: #EleNão e o vice #EleJamais", escreveu a parlamentar no Twitter.

Ela foi alvo de um dos ataques mais misóginos da história política do país quando, em plena Câmara dos Deputados, durante uma discussão com Bolsonaro, ele afirmou que  “eu não te estupro, porque você não merece”.  Bolsonaro já foi condenado pela ofensa no STJ e agora é réu em dois processos no STF por incitação ao crime de estupro e injúria.

O candidato a vice de Bolsonaro afirmou há dois dias que o narcotráfico recruta jovens de famílias pobres "sem avô e pai, mas com avó e mãe". "A partir do momento em que a família é dissociada, surgem os problemas sociais. Atacam eminentemente nas áreas carentes, onde não há pai e avô, mas sim mãe e avó. Por isso, é uma fábrica de elementos desajustados que tendem a ingressar nessas narco-quadrilhas".

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247