Maria do Rosário: mulheres, mães, avós, vamos derrotar o ódio

A deputada do PT-RS convocou a população para ir às ruas no da 29 de setembro, quando ocorre um protestos encabeçadas por mulheres contra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) em SP; "Vamos derrotar o ódio! Mulheres, mães, avós, filhas, irmãs, amigas, vamos derrotar o ódio. Homens contra a violência, estejam ao nosso lado contra Ele!", disse

Maria do Rosário: mulheres, mães, avós, vamos derrotar o ódio
Maria do Rosário: mulheres, mães, avós, vamos derrotar o ódio (Foto: Esq.: Billy Boss - Câmara / Dir.: em cima (Gustavo Lima - Ag. Câmara))

Rio Grande do Sul 247 - A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) convocou a população para ir às ruas no da 29 de setembro, quando ocorre um protestos encabeçadas por mulheres contra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), no bairro da Pinheiros, zona oeste da cidade de São Paulo.

"Vamos derrotar o ódio! Mulheres, mães, avós, filhas, irmãs, amigas, vamos derrotar o ódio. Homens contra a violência, estejam ao nosso lado contra Ele!", escreveu a parlamentar no Twitter.

Em vídeo, a congressista repudiou a declaração do general Hamilton Morão (PRTB), vice de Bolsonaro, sobre mães e avós. "Foi ofensa absurda contra todas as mulheres. Desajustada é esta chapa do ódio. Somos nós mulheres que vamos barrar este horror, aqueles que defendem a violência contra a mulher, que desrespeitam mães e avós. Diga não aos candidatos do ódio. Diga sim à civilização, ao amor, ao respeito", acrescentou.

O militar Mourão afirmou que o narcotráfico recruta jovens de famílias pobres "sem avô e pai, mas com avó e mãe". "A partir do momento em que a família é dissociada, surgem os problemas sociais. Atacam eminentemente nas áreas carentes, onde não há pai e avô, mas sim mãe e avó. Por isso, é uma fábrica de elementos desajustados que tendem a ingressar nessas narco-quadrilhas", disse.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247