Marta agora cogita se filiar ao PMDB

Até então, senadora Marta Suplicy sinalizava como certa a filiação ao PSB, com o aval do governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB), e do vice, Márcio França, presidente estadual do PSB; no entanto, ela estaria de olho na estrutura do PMDB; no PSB, a ex-petista depende de uma aliança com outras legendas para obter um maior tempo de TV no horário eleitoral gratuito

Até então, senadora Marta Suplicy sinalizava como certa a filiação ao PSB, com o aval do governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB), e do vice, Márcio França, presidente estadual do PSB; no entanto, ela estaria de olho na estrutura do PMDB; no PSB, a ex-petista depende de uma aliança com outras legendas para obter um maior tempo de TV no horário eleitoral gratuito
Até então, senadora Marta Suplicy sinalizava como certa a filiação ao PSB, com o aval do governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB), e do vice, Márcio França, presidente estadual do PSB; no entanto, ela estaria de olho na estrutura do PMDB; no PSB, a ex-petista depende de uma aliança com outras legendas para obter um maior tempo de TV no horário eleitoral gratuito (Foto: Roberta Namour)

247 – De olho na disputa à prefeitura de São Paulo, em 2016, senadora Marta Suplicy sinalizava como certa a filiação ao PSB após deixar o PT, mas a decisão foi adiada.

A ex-ministra estaria cogitando a hipótese de adotar a estrutura do PMDB para concorrer na sucessão municipal.

No PSB, ela conta com o aval do governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB), e do vice, Márcio França, presidente estadual do PSB. No entanto, depende de uma aliança com outras legendas para obter um maior tempo de TV no horário eleitoral gratuito.

Leia aqui reportagem de Fernando Taquari sobre o assunto.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247