Marta: ‘Inquérito no MP sobre obras na Barra é um passo importante’

A vereadora Marta Rodrigues (PT) considera "um importante passo do Ministério Público Estadual" a instauração de inquérito para apurar denúncia de irregularidades nas obras de requalificação da Barra; "A população não pode ficar sem respostas em relação ao que está diretamente relacionada a ela, como qualquer obra de requalificação que seja utilizada verba pública. Denúncias dessa natureza precisam ser investigadas", diz Marta; o ex-executivo da Odebrecht André Vital aponta irregularidades na licitação da obra, e diz que foi entregue R$ 1,8 milhão em dinheiro vivo a um representante do prefeito ACM Neto em 2012, antes da eleição municipal

Marta Rodrigues
Marta Rodrigues (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - A vereadora Marta Rodrigues (PT) considera "um importante passo do Ministério Público Estadual" a instauração de inquérito civil para apurar a denúncia de irregularidades nas obras de requalificação da Barra. "A população não pode ficar sem respostas em relação ao que está diretamente relacionada a ela, como qualquer obra de requalificação que seja utilizada verba pública. Denúncias dessa natureza precisam ser investigadas", diz Marta.

Na denúncia, feita em delação premiada na Lava Jato, o ex-executivo da Odebrecht, André Vital, disse que houve irregularidades na licitação da obra e que foi entregue R$ 1,8 milhão em dinheiro vivo a um representante do prefeito ACM Neto em 2012, antes da eleição municipal.

Para a vereadora, as informações corroboram o que moradores da Barra já vinham reclamando: falta de compromisso com o projeto original apresentado pela prefeitura de Salvador, inclusive, por meio de stands disponibilizados no bairro aos transeuntes. "Uma obra que custou cerca de R$ 60 milhões mas não contemplou pontos prometidos no projeto merece uma investigação", destaca a petista.

Em documento entregue aos vereadores pela associação Amabarra, em sessão itinerante da Câmara, no dia 27 de março, moradores alegam que o prefeito prometeu no projeto original, cabeamento e embutimento de fios elétricos, arborização e paisagismo, resolução para o problema de esgotos nas praias, valorização do comércio, sistema de microdrenagem, dentre outros.

"Basta passear no local para ver que nada do que foi prometido foi feito. O bairro enfrenta graves alagamentos, bueiros vivem entupidos, em dias de chuva presenciamos esgoto em direção à praia, árvores foram cortadas e acimentadas, jardins extintos. Tudo isso são indícios de irregularidades", acrescentou Marta.

No dia 5 de junho, os deputados petistas Robinson Almeida e Afonso Florence protocolaram uma representação no MP-BA pedindo a investigação de suspeitas de favorecimento da Odebrecht na licitação das obras da Barra.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247