Marta vê segundo turno com Russomano e Haddad

Senadora anunciou adesão à campanha de Fernando Haddad após duas horas de conversa com o ex-presidente Lula; "Eu falei que estou disponível para tudo", disse; para ela, pesquisas, que apontam queda de José Serra, mostram que o cenário da eleição paulistana "vai virar"

Marta vê segundo turno com Russomano e Haddad
Marta vê segundo turno com Russomano e Haddad (Foto: Edição/247)

247 – Um almoço de cerca de duas horas selou a paz na relação entre a senadora Marta Suplicy e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Marta disse que nada mudou em sua postura e que chegou a hora de entrar de fato na campanha de Fernando Haddad à Prefeitura de São Paulo. "Eu falei que estou disponível para tudo", disse a ex-prefeita a jornalistas depois do encontro, que aconteceu na sede do Instituto Lula, na capital paulista.

"Eu estou onde sempre estive, no sentido de dizer que quando começasse a campanha de fato e eu percebesse que faria a diferença, eu entraria. E é isso que eu vou fazer, vou entrar". A senadora disse que deve gravar para o programa de tevê de Haddad e que participará de agendas externas do candidato. Marta contou também que sugeriu locais para a realização de comícios onde ela acredita ter mais apoio e que, por isso, sua presença será mais produtiva.

A relação com o ex-presidente estava tensa há cerca de dez meses, desde que Marta foi preterida na disputa municipal de São Paulo. Ela desistiu das eleições principalmente por conta de Lula, que escolheu Haddad como candidato. Por isso, não havia demonstrado apoio desde então ao petista. Sobre as pesquisas na capital, Marta acredita que ainda "vai virar", visto que o petista tem crescido e o candidato do PSDB, José Serra, vem caindo. "Acho que vai virar tanto que é capaz de ir o Russomanno e o Haddad", disse a senadora, otimista, sobre o segundo turno das eleições.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247