Mauro Rubem defende salários extras e vê PT na cabeça de chapa

Parlamentar petista afirma que vive da remuneração como deputado e prega maior debate em torno do pagamento dos 14º e 15º salários. "É um assunto delicado porque sempre parte do princípio de que todos que estão na Assembleia estão roubando", desabafou. Mauro Rubem também afirma que PT tem condições de encabeçar chapa e manter aliança com o PMDB e cita Otoni, Gomide e Paulo Garcia como opções para 2014

Mauro Rubem defende salários extras e vê PT na cabeça de chapa
Mauro Rubem defende salários extras e vê PT na cabeça de chapa
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247_ Conhecido por sua atuação pelos direitos humanos e fazer oposição pesada ao governador Marconi Perillo, o deputado estadual Mauro Rubem (PT) soltou o verbo em entrevista ao jornal Diário da Manhã. O parlamentar criticou a atuação da Assembleia Legislativa. Segundo ele, a Casa é guiada pelos interesses do governo estadual e defende mais independência para o Legislativo goiano.

Entre os assuntos abordados na entrevista, Mauro Rubem comentou a novela envolvendo os 14º e 15º salários dos deputados. O parlamentar petista defendeu maior debate do caso e se mostrou a favor do pagamento do benefício extra. 

“Eu acho que a Assembleia hoje estou lá há três mandatos, ela é tratada de maneira muito pejorativa e a questão dos salários, na verdade o nome correto é incentivo na abertura e fechamento dos trabalhos, devem ser discutidos de forma mais tranquila, inclusive para mostra, no meu caso que eu vivo da remuneração como deputado”, disse.

A Justiça proibiu o pagamento dos salários extras aos deputados. Com pagamento previsto em duas parcelas, uma em fevereiro e outra neste mês de dezembro, os salários extras custariam cerca de R$ 1,64 milhão aos cofres públicos. Cada um dos 41 deputados receberia R$ 40 mil.

“Até é um assunto delicado porque sempre parte do princípio de que todos que estão na Assembleia estão roubando. E então se estão roubando, qualquer discussão sobre reajuste tem que ser tratado como mais um roubo”, avaliou Mauro Rubem na entrevista.

PT na cabeça de chapa em 2014

Mauro Rubem afirmou na entrevista ao Diário da Manhã que acredita na vitória da oposição em 2014. O parlamentar também nominou os três petistas que podem encabeçar a candidatura ao governo do Estado.

“Temos pelo menos três nomes que estão preparados para essa tarefa. O nome do próprio deputado federal Rubens Ottoni, o prefeito Antônio Gomide e do prefeito Paulo Garcia, que representará perfeitamente o PT. O PT tem condições de enfrentar uma candidatura competitiva, mantendo uma aliança com o PMDB”, disse Rubem.

A ambição do PT em atropelar o PMDB e ter o cabeça de chapa gerou desgastes em 2012. Em Anápolis, o prefeito Gomide já é tratado como pré-candidato. E aliados de Paulo Garcia acreditam que o petista tem condições de pleitear a candidatura ao Palácio das Esmeraldas. Garcia teria inclusive recebido incentivos da presidente Dilma Rousseff.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email