Mauro sobre "desvio" na Funasa: "Nada a temer"

Secretário que pode levar o prefeito ACM Neto (DEM) a descumprir seu decreto da Ficha Limpa, Mauro Ricardo Costa, da  Sefaz, diz que não houve atividade inidônea enquanto foi presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), e acusou PT e PMDB de terem feito contratos "em quantidade escandalosa e com desvio de finalidade"; três comissões da Câmara Municipal vão pedir sua convocação hoje a Casa

Mauro sobre "desvio" na Funasa: "Nada a temer"
Mauro sobre "desvio" na Funasa: "Nada a temer" (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

Bahia 247

O secretário da Fazenda de Salvador, Mauro Ricardo Costa, se defendeu das acusações de "desvio milionário" de quase R$ 57 milhões, segundo o Ministério Público Federal (MPF), enquanto esteve à frente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), e acusou PT e PMDB de terem feito contratos em quantidade "escandalosa e com desvio de finalidade".

Tranquilo, o possível responsável pelo descumprimento do decreto da Ficha Limpa do prefeito ACM Neto (DEM), disse que está disposto a ir à Câmara Municipal prestar esclarecimentos aos vereadores da oposição. "Não há nada a temer".

Três comissões do Legislativo encaminharão nesta quarta-feira (6) um requerimento para que o secretário 'importado de São Paulo' convocado a Casa. Os colegiados de Educação, Planejamento Urbano e Meio Ambiente e Reparação aprovaram a convocação.

PUBLICIDADE

Apesar da tranquilidade de Mauro Ricardo, o MPF mantém seu nome como um dos réus e afirma "não restar dúvida" da participação do atual secretário nas irregularidades. O prefeito ACM Neto continua a depositar "inteira confiança" no secretário. Opositores já apostam na queda do gestor da Sefaz.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email