“Me arrependo um pouco de ter subestimado a Covid-19”, diz Roberto Justus

No início da pandemia, empresário teve áudio vazado em que afirmava que a Covid-19 não passa de uma "gripezinha" e que só mataria "velhinhos"

Roberto Justus
Roberto Justus (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Em entrevista ao programa Morning Show, da rádio Jovem Pan, na manhã desta segunda-feira (20), o empresário Roberto Justus se disse arrependido por ter minimizado a pandemia do coronavírus.

Em março, logo no início da crise sanitária no Brasil, Justus teve um áudio vazado em que afirmava, assim como o presidente Jair Bolsonaro, que a Covid-19 não passava de uma “gripezinha” e que “só mataria velhinhos”.

“Voltaria atrás e diria: teve mais mortes do que eu imaginava. Me arrependo um pouco de ter subestimado a Covid-19, ela é um pouco pior do que eu imaginava”, afirmou o empresário desta vez. Logo na sequência, entretanto, ele voltou a minimizar a gravidade do problema.

“Mas não tão ruim quanto assistir aos jornais das televisões e ver esse vírus do medo se espalhando de uma forma tão terrível”, disparou.

Confira a reportagem completa na Revista Fórum.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247