Médico bolsonarista espalha que morte de jogadora de vôlei pode ter sido consequência da vacinação contra a Covid

Marcos Falcão aproveitou a morte da atleta para promover uma fake news grotesca com seu nome

Marcos Flacão
Marcos Flacão (Foto: Reprodução/Twitter)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

pode247 - O câncer de estômago foi a causa da morte da ex-jogadora da seleção brasileira feminina de vôlei Ana Paula Borgo, de 29 anos, e já virou motivo de fake news nas redes sociais. 

O médico bolsonarista Marcos Falcão aproveitou a morte da atleta para promover uma fake news grotesca com seu nome, desrespeitando o luto de Paula. 

continua após o anúncio

“O maior genocídio da história, sem disparar uma bala. Não podemos afirmar que o que causou o câncer foi a possível vacinação, mas podemos afirmar que o número de casos de câncer aumentou exponencialmente após a vacinação”, disse.

Fake news absurda e que deve ser combatida

Alguns sites e perfis de redes sociais investem exaustivamente em falas mentirosas que trazem desinformação sobre as vacinas. Um dos vídeos que circulam na internet diz que os imunizantes contra a gripe carregam “vírus e fungos do câncer”. O Ministério da Saúde e a OMS reforçam que todas as vacinas passam por rigorosos testes e análises antes de serem aplicadas na população e não há qualquer comprovação científica quanto ao risco de pessoas desenvolverem câncer por serem vacinadas. 

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247