Mensalidade escolar fica de 8% a 12% mais cara

Pais precisam prepara os bolsos para 2012. Previso do Sindicato dos Estabelecimento de Ensino de Pernambuco. Aumento ficou acima do registrado no ano passado

Mensalidade escolar fica de 8% a 12% mais cara
Mensalidade escolar fica de 8% a 12% mais cara (Foto: Shutterstock)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Raphael Coutinho_247 – Os pais ou responsáveis de alunos da rede privada de ensino em Pernambuco deverão preparar o bolso para as mensalidades de 2012. A previsão, do próprio Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de Pernambuco (Sinepe-PE), é que o valor desembolsado para o pagamento das escolas aumente entre 8% e 12%, dependendo de cada instituição. O reajuste é superior ao que foi registrado no ano passado, que ficou entre 6% e 8%, e da meta de inflação estabelecida pelo Banco Central para 2011.

O próprio presidente do Sinepe-PE justifica o motivo de não vincular o reajuste à inflação. “Cada escola tem sua planilha, baseada em vários aspectos. Aquisição de equipamentos, reajuste de salários de professores e funcionários, insumos básicos como água e energia, contam na hora de fazer este cálculo”, explicou José Ricardo Dias Diniz. Para ele, a parte pedagógica e de estrutura muda em cada escola, o que resulta em variações nos valores.

“Temos 2,4 mil instituições e cada uma possui suas necessidades. No entanto, não podemos pegar as 15 maiores, por exemplo, e fazer o cálculo em cima delas. Mas a média deverá ser entre 8% e 12% mesmo”, acrescentou Diniz. Porém, o Procon orienta que os reajustes nas mensalidades devem se basear apenas na manutenção das escolas, como o custeio com folha de pagamento, materiais de do cotidiano e os insumos básicos.

Ainda para o Procon, as escolas precisam justificar, de forma aberta e transparente, os aumentos necessários. Despesas decorrentes de obras que aumentem seu patrimônio e visam ao lucro não devem ser repassadas aos pais.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email