Meta para livrar o País da aftosa deve ser atingida este ano

o que garante o ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho; segundo ele, isso ser um trunfo, j que a meta anterior era 2013

Meta para livrar o País da aftosa deve ser atingida este ano
Meta para livrar o País da aftosa deve ser atingida este ano (Foto: DIVULGAÇÃO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil – O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, disse nesta quinta-feira 19 que o Brasil deve alcançar até dezembro de 2012 a meta de ser um país livre da febre aftosa por meio de vacinação. Segundo ele, o prazo definido anteriormente pelo governo era 2013.

“Essa é a vontade política da Presidência da República e do nosso governo”, ressaltou, ao participar do programa Bom Dia, Ministro, produzido pela EBC Serviços em parceria com a Secretaria de Comunicação da Presidência da República. “Quero chegar lá até 2012. Isso será um trunfo, como é um trunfo Santa Catarina ser livre de febre aftosa sem vacinação."

Para Mendes Ribeiro, caso o governo consiga alcançar a meta até dezembro de 2012, é possível que, em 2014, o país atinja um patamar “extremamente diferenciado” no que diz respeito à carne brasileira.

“Precisamos saber que o nosso gado tem o controle sanitário de que necessita, estamos fazendo a campanha de vacinação que precisamos fazer, estamos cuidando da nossa fronteira como devemos cuidar, mas não estamos livres do risco. Por isso, precisamos insistir tanto e dizer da nossa situação. Não queremos alardear, pelo contrário, queremos mostrar que estamos atentos e tranquilizar o produtor que estamos cumprindo a nossa parte”, destacou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email