Milton Leite, locutor da Globo, defende Lula e diz ter votado em Haddad

O locutor de futebol Milton Leite, funcionário do Grupo Globo, afirmou, em entrevista ao Canal“Ping-Pong com Bonfá”, do jornalista Marcelo Bonfá, que Lula está preso injustamente; o narrador, dono do bordão "que beleza!", ainda disse que votou em Fernando Haddad nas últimas eleições

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O locutor de futebol Milton Leite, funcionário do Grupo Globo, afirmou, em entrevista ao Canal“Ping-Pong com Bonfá”, do jornalista Marcelo Bonfá, que Lula está preso injustamente. O narrador, dono do bordão "que beleza!", ainda disse que votou em Fernando Haddad nas últimas eleições.

A reportagem do jornal O Dia destaca a fala de Milton leite: "votei no Fernando Haddad. Meus candidatos foram de esquerda, do PSOL, PCdoB. Votei no Haddad porque eu sou um cara de ideias de esquerda. Eu considero que minha ética de vida tem mais a ver com esse lado. E as propostas me pareciam muito melhores, porque quem concorreu contra, que é o atual presidente, se você pegar questões passadas, ele sempre deu declarações homofóbicas, sempre deu declarações racistas, rebaixando mulheres, eu não podia votar num cara desses. Eu tenho três filhas, uma neta, tenho uma afilhada, tenho um monte de cunhada... Como vou dizer que votei num cara que chamava a mulher de produto de segunda classe?”, contou. “Um desgoverno. Você não vê uma proposta para combater os principais problemas do país”, avaliou o governo do presidente Jair Bolsonaro. Sobre, Lula, ele disse. “Com todas as informações do vazamento da Lava-Jato, está na cara que o processo contra ele foi político”.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email