CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Minas Gerais recebe equipamentos do governo federal para fortalecer segurança

Na lista dos equipamentos que passam a pertencer oficialmente ao Estado estão, por exemplo, a Delegacia Móvel da Polícia Civil, a Plataforma de Observação Elevada (POE), os três Centros de Comando e Controle Móveis, o Imageador Aéreo utilizado pela Polícia Militar e o caminhão blindado de Choque; "Esses equipamentos não estavam sendo utilizados. Agora, serão", afirmou Pimentel

Imagem Thumbnail
Na lista dos equipamentos que passam a pertencer oficialmente ao Estado estão, por exemplo, a Delegacia Móvel da Polícia Civil, a Plataforma de Observação Elevada (POE), os três Centros de Comando e Controle Móveis, o Imageador Aéreo utilizado pela Polícia Militar e o caminhão blindado de Choque; "Esses equipamentos não estavam sendo utilizados. Agora, serão", afirmou Pimentel (Foto: Luis Mauro Queiroz)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Agência Minas - O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, assinaram nesta quarta-feira (10/6), no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, um termo de doação de equipamentos, veículos e softwares de inteligência e segurança que integram o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). Os equipamentos, pertencentes ao governo federal, foram doados para o Estado. Pimentel também assinou um convênio criando a Comissão Estadual de Segurança Pública e Defesa Civil para os Jogos Olímpicos Rio 2016 no Estado de Minas Gerais.

O governador ressaltou a importância da parceria entre o governo federal e a nova gestão no Estado. "Temos com o Ministério da Justiça o melhor dos relacionamentos, mas faço questão de ressaltar essa parceria, esse carinho que o ministro tem tido com Minas Gerais. Trata-se de uma questão importante para o Brasil inteiro mas, para nós, mineiros e mineiras, é muito bom saber que o Ministério está atento a isso e está nos ajudando a resolver problemas emergenciais", ressaltou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Na lista dos equipamentos que passam a pertencer oficialmente ao Estado estão, por exemplo, a Delegacia Móvel da Polícia Civil, a Plataforma de Observação Elevada (POE), os três Centros de Comando e Controle Móveis, o Imageador Aéreo utilizado pela Polícia Militar e o caminhão blindado de Choque. "Esses equipamentos não estavam sendo utilizados. Agora, serão", afirmou Pimentel.

Os dispositivos foram cedidos pelo Ministério da Justiça ao Governo de Minas entre 2012 e 2014 para a estruturação do esquema de segurança da Copa das Confederações e da Copa do Mundo e para a montagem da estrutura física e tecnológica de parte do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) no Estado. O centro reúne instituições municipais, estaduais e federais que trabalham de forma integrada e conjunta para garantir a segurança em grandes eventos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O ministro da Justiça destacou a importância da integração das forças de segurança pública que, segundo ele, garantiram o sucesso durante as competições. "É através dos centros integrados de comando e controle que traremos a organicidade, integração e atuação em conjunto do setor de segurança pública em todo o país", disse José Eduardo Cardozo. Ainda de acordo com o ministro, o objetivo é "incorporar a vida cotidiana da segurança pública" às ações executadas em grandes eventos.

A relação próxima entre o governo estadual e o federal foi classificada pelo ministro como fundamental na melhoria das ações de segurança. "Essa relação se aprofundará ainda mais pelo afinamento de percepções de segurança pública", afirmou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Comissão de Segurança Jogos Rio 2016

Minas Gerais irá contar, a partir de agora, com uma Comissão Estadual de Segurança Pública e Defesa Civil para os Jogos Rio 2016. Além de sediar jogos de futebol, o Estado também receberá delegações que se prepararão, aqui, para as demais competições.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Nós, em Minas Gerais, vamos ter a oportunidade de trabalhar nesse conceito de centro já montado e de exemplo do que pode ficar de legado de um grande evento. Seremos um estado piloto. Buscaremos ir além do convênio, para fazermos o aprimoramento das tecnologias e o aprimoramento desses recursos", destacou o secretário de Estado de Defesa Social, Bernardo Santana.

A comissão, liderada pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), irá contar com representantes das forças de segurança nacional, estadual, municipais e demais instituições ligadas ao setor.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO