Minas tem mais de 30 ônibus e carros incendiados em menos de 24 horas

Desde domingo (3), criminosos atacaram e incendiaram cerca de 30 coletivos e quatro carros em 16 cidades; três ônibus foram queimados na Região Metropolitana de Belo Horizonte; alguns suspeitos foram detidos no Sul do estado; ataques podem ter sido cometidos por uma organização criminosa insatisfeita com “opressão” em presídios em Minas e no país; veja vídeo

Desde domingo (3), criminosos atacaram e incendiaram cerca de 30 coletivos e quatro carros em 16 cidades; três ônibus foram queimados na Região Metropolitana de Belo Horizonte; alguns suspeitos foram detidos no Sul do estado; ataques podem ter sido cometidos por uma organização criminosa insatisfeita com “opressão” em presídios em Minas e no país; veja vídeo
Desde domingo (3), criminosos atacaram e incendiaram cerca de 30 coletivos e quatro carros em 16 cidades; três ônibus foram queimados na Região Metropolitana de Belo Horizonte; alguns suspeitos foram detidos no Sul do estado; ataques podem ter sido cometidos por uma organização criminosa insatisfeita com “opressão” em presídios em Minas e no país; veja vídeo (Foto: Voney Malta)

Minas 247 – Em menos de 24 horas 30 ônibus e quatro veículos foram atacados e incendiados em 16 cidades de Minas Gerais. Na Região Metropolitana de Belo Horizonte foram registrados entre o fim da noite deste domingo até a madrugada desta segunda-feira (4), segundo a Polícia Militar, três ataques a ônibus. Não há registro de feridos.

Já no Sul do estado, nove cidades registraram ataques e nove pessoas foram detidas suspeitas de participação nos ataques. No Centro-Oeste de Minas, dois ônibus foram incendiados por criminosos em Lagoa da Prata.

Os responsáveis pela Segurança Pública ainda não se pronunciaram. No entanto, pode haver conexão entre os ataques a partir de uma ocorrência registrada em Itajubá, no Sul de Minas. O boletim de ocorrência registrado pela PM traz a informação de um bilhete deixado com o motorista.

Na anotação, bandidos reclamam de opressão no presídio da cidade e também reclamam de problemas no presídio federal de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte. A carta é assinada por uma facção criminosa paulista com atuação nacional

 Municípios vítimas dos ataques:

Alfenas - 2 ônibus atacado

Araxá - 1 ônibus e quatro carros atacados

Campo Florido - ataque à recepção da Câmara Municipal

Cruzília - tiros disparados contra delegacia

Belo Horizonte - 2 ônibus atacados

Guaxupé - 6 ônibus atacados

Itajubá - 1 ônibus atacado

Lagoa da Prata - 2 ônibus atacados

Monte Santo de Minas - 2 ônibus escolares atacados

Passos - 1 ônibus atacado

Patos de Minas - 1 ônibus atacado

Poços de Caldas - 2 ônibus atacados; incêndio em galpão de reciclagem

Pouso Alegre - 1 ônibus atacado

Santa Luzia - bairro Cristina A - 1 ônibus atacado

Três Corações - 1 ônibus atacado

Uberaba - 3 ônibus atacados; 1 carcaça de caminhão incendiada; ataques a 2 agências bancárias e uma lotérica; fogo em quatro vias

Uberlândia - 3 ônibus atacados; ataque a uma agência do Banco do Brasil e a uma agência dos Correios

Varginha - 1 ônibus atacado

Veja vídeo:


Ao vivo na TV 247 Youtube 247